Menu
sexta, 01 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Procon multa a Oi em R$ 111 mil por falha na prestação de serviços

03 abril 2018 - 10h31Prefeitura de Corumbá

A Agência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de Corumbá (Procon) multou a Oi S.A. em 60 mil unidades do Valor de Referência do Município (VRM), o que corresponde a R$ 111 mil. A penalidade, que ainda cabe recurso, foi aplicada em razão da recorrente falha na prestação do serviço de telefonia fixa e internet banda larga.

“Entre as principais reclamações estão a queda e a oscilações frequentes de sinal de internet banda larga, em virtude da completa paralisação dos serviços da telefonia. A situação se agrava em períodos de chuva, pois há casos de inexistência do serviço durante períodos do dia e às vezes, com menor frequência por mais de 24 horas”, detalhou o diretor-executivo do Procon, Alexandre do Carmo Taques Vasconcelos.

“Além do mais, as tarifas cobradas do consumidor, sem quaisquer melhorias na prestação do serviço, geram insatisfação e revolta, pois a empresa não tem investido na cidade na mesma proporção de seus lucros”, completou Alexandre.

Ainda de acordo com o responsável pelo Procon, não há aprimoramento dos equipamentos de modo a melhorar a prestação de serviços. “Ainda assim a empresa insiste em oferecer os mesmos serviços sem que tenha condições de atender aos usuários, o que só agrava a situação. A ampliação de portas de internet precisa ser debatida como forma imediata de solução deste problema”, completou.

Em janeiro deste ano, a Oi S.A. foi notificada sobre o processo administrativo e orientada a apresentar quais medidas estavam sendo adotadas para sanar os problemas e se havia um plano de melhorias ou investimentos dos serviços oferecidos na cidade para 2018.

A empresa limitou-se a responder que vem adotando as providências para continuidade e melhoria dos serviços prestados, que não é obrigada a atender toda e qualquer solicitação de instalação do serviço de internet banda larga e ainda atribui ao consumidor o motivo da degradação da velocidade de acesso para download ou upload, por manter hardwares obsoletos, placas de rede incompatíveis com a velocidade desejada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Imunização
Corumbá terá três postos de multivacinação neste sábado, 02 de março
Ranking
MS é destaque nacional na gestão de recursos federais e execução de projetos e convênios
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Campanha
Ladário expande vacinação contra dengue nas escolas da rede municipal
Evento
Corumbá sedia 3ª edição da Copa dos Campeões da Assomasul neste final de semana
Mudanças
Supremo derruba a regra sobre distribuição de sobras eleitorais em eleições proporcionais
Em processo
Reunião com novos diretores aborda habilitação de unidade de saúde exclusiva para presídios
Turismo ecológico
Encontro aborda aspectos da educação ambiental no turismo do Pantanal
Direito à saúde
DPU assegura que imigrantes sejam incluídos na fila de transplantes

Mais Lidas

10 vagas em MS
Inscrições estão abertas para concurso da Caixa com três vagas em Corumbá
Confirmado
Dupla sertaneja Henrique e Diego é a principal atração cultural do FIPEC 2024
Bombeiros
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nesta manhã em Corumbá
27 vagas
Inscrições para concurso de professores da UFMS seguem abertas até 7 de março