Menu
terça, 07 de dezembro de 2021
Andorinha Dezembro
Mobile - Andorinha Dezembro
Geral

PRF e Childhood Brasil lançam nova edição do Projeto MAPEAR

17 dezembro 2020 - 08h21Assessoria

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Childhood Brasil, lança a 8ª edição do MAPEAR - levantamento dos Pontos Vulneráveis à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias federais brasileiras. A cada dois anos, as informações são consolidadas em um documento, que é utilizado como ferramenta preventiva de orientação para enfrentamento qualificado e integrado entre órgãos, instituições e empresas privadas. O documento foi apresentado oficialmente durante o 14º Encontro Na Mão Certa pelo diretor-geral da PRF, Eduardo Aggio de Sá.

Entre 2019 e 2020, a PRF apurou 3.651 pontos vulneráveis nas rodovias federais, sendo 470 qualificados como críticos, o que aponta uma redução de 0,4% em relação ao biênio anterior e de 50,8% quando comparado a 2009, em que foram levantados 924 pontos críticos. Cerca de 60% dos locais críticos se encontram em áreas urbanas e quase a metade dos vulneráveis estão em postos de combustível às margens de rodovias.

As regiões com maior número de pontos vulneráveis são Nordeste (1.079), Sul (896), Sudeste (710), Centro-Oeste (531) e Norte (435). Os estados do Paraná, Minas Gerais, Bahia, Goiás e Rio Grande do Sul, respectivamente, apresentam a maior incidência, segundo a pesquisa. A BR-116 – a maior a rodovia federal do Brasil - segue com o maior número de pontos críticos, porém apresentou diminuição de 30% em relação ao biênio passado.

O levantamento considera as “características vulnerabilizadoras” e não somente pontos de efetiva exploração. Dessa forma, é feita uma classificação do local e um direcionamento das ações de forma efetiva no enfrentamento aos crimes de exploração sexual de crianças e adolescentes. Com o mapeamento dos pontos vulneráveis, as ações da PRF são mais eficientes tanto no combate aos exploradores, quanto no resgate de crianças e adolescentes.

“O enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes é um trabalho complexo e necessita uma atuação articulada e intersetorial, pois trata-se de um crime multicausal”, explica Eva Dengler, gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil.

A PRF é parte fundamental de um mecanismo que trabalha de maneira articulada em um acordo de cooperação técnica específico de combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes com o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Ministério Público do Trabalho e Childhood Brasil. Denúncias podem ser feitas, inclusive de forma anônima, por meio do Disque 100, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e do número de emergência da PRF 191.

Acesse o MAPEAR 2019/2020 - http://www.namaocerta.org.br/pdf/mapear2019_2020.pdf

 

Sobre o PNMC

Programa Na Mão Certa tem como principal objetivo promover uma ampla união de esforços para acabar com a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. Lançado em 2006 pela Childhood Brasil, congrega as empresas através da adesão ao Pacto Empresarial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras. O objetivo é enfrentar essa grave violação de direitos humanos.

Empresas e entidades empresariais, em todo o país, aderiram ao Pacto Empresarial, propondo ações para proteger crianças e adolescentes da exploração sexual nas estradas. A principal estratégia adotada pelas empresas é a sensibilização dos motoristas de caminhão, para que atuem como agentes de proteção dos direitos de crianças e adolescentes.

Sobre a Childhood Brasil

A Childhood Brasil é uma organização brasileira que faz parte da World Childhood Foundation, instituição internacional criada em 1999 pela Rainha Silvia da Suécia.  O seu foco de atuação é a proteção da infância e adolescência contra o abuso e a exploração sexual. A organização se tornou referência no país pois já desenvolveu e apoiou projetos que vêm transformando a realidade da infância brasileira vulnerável à violência, dando visibilidade e dimensão ao problema, implantando soluções efetivas adotadas por setores empresariais, serviços públicos e educando a sociedade em geral. Para mais informações, acesse o site: www.childhood.org.br.

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
IFMS convoca para heteroidentificação em seleção de cursos técnicos integrados
Tecnologia
Webinar das Cidades Digitais reúne Prefeituras do MS e Ministério das Comunicações nesta terça
Fiscalização
PMA aplica R$ 17 mil em multas e apreende 47 quilos de pescado no primeiro mês de piracema
Cidadão
Caixa divulga calendário de pagamentos do INSS de 2022
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Serviço Público
Recesso na Assembleia começa no próximo dia 22 e trabalhos retornam em fevereiro
Eleições 2022
Tucanos buscam apoio no MDB e PSD
Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital

Mais Lidas

Desdobramentos
Caixa se pronuncia sobre prisão de estagiário acusado de furtar beneficiários do auxílio
Transparência
Médicas de Campo Grande tinham até três cargos públicos com escala de 100 horas semanais
Colisão entre motos
Jovem internado no CTI não resiste e morre antes da transferência para Capital
Há 4 dias
Encontrado trabalhador rural que estava desaparecido na região do Paiaguás