Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Prefeitura trabalha para garantir nível de excelência em escolas da REME

01 junho 2018 - 09h49Prefeitura de Corumbá

A qualidade cada vez maior do ensino da Rede Municipal para atingir nível de excelência aos alunos e professores é uma das determinações do prefeito Marcelo Iunes à Secretaria Municipal de Educação. Para o alcance da meta estipulada pelo chefe do Executivo, o Município já desenvolve uma série de ações. O modelo de excelência a ser alcançado, num primeiro momento, tem como base a Escola Municipal Barão do Rio Branco.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Genilson Canavarro de Abreu, a qualificação cada vez maior do ensino público corumbaense reflete diretamente no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da escola. O Ideb é o principal indicador da qualidade do ensino básico no Brasil.

“Trabalhamos com a parte motivacional; estímulo e gestão escolar para darmos qualidade de excelência à educação do Município. Conversamos com os gestores para avaliarmos a aplicação dos recursos, atingirmos metas e trabalhar com o sistema educacional que queremos implantar na Rede Municipal de Ensino (REME)”, disse o secretário de Educação. Ele explicou também que da pré-escola ao 9° ano o sistema pretendido trabalha fortemente o preceito da interpretação pelo aluno. “É um método para que a criança interprete. Um questionamento interpretativo desde a pré-escola”, disse.

Todo o processo de qualificação do ensino que vai alcançar as 35 escolas da Rede Municipal – urbanas e rurais – acontece paulatinamente, de maneira planejada. “Esse processo é gradativo e está sendo implantado pela administração Marcelo Iunes”, informou ao antecipar que as formações a partir de agora terão o direcionamento para essa parte pedagógica.

Genilson esclareceu que o prefeito determinou o início desse processo com a qualificação da estrutura das unidades escolares. “O projeto prevê que façamos um trabalho nas partes de limpeza, estrutural, física e de pintura”, disse ao avaliar que tudo isso desperta nos alunos “a motivação para estudar naquela escola”.

Para garantir esse padrão de excelência, o modelo escolhido como referência foi a escola Barão do Rio Branco porque aquele estabelecimento de ensino já respira em seu cotidiano condições relacionadas ao “bom ensino e boa estrutura” para que os alunos possam estudar e professores e servidores possam trabalhar.

“Na escola Barão do Rio Branco temos, por exemplo, todas as salas com televisões LED. A tecnologia hoje impera e estamos estudando a situação de como fazer. Trabalhamos a articulação de emendas parlamentares. Temos também quadros de vidro para evitar pó de giz; que atendem, inclusive, questão de saúde de alunos e professores. Também trabalhamos a instalação de frigobar em todas as salas de aula das escolas da REME. pelo que sei, o Barão é a primeira escola pública de Corumbá a ter frigobar, inclusive entre as particulares. Mato Grosso do Sul [rede estadual] também não tem, no Brasil não tenho conhecimento”, disse o secretário municipal de Educação. Ele salientou que climatização todas as unidades de ensino do Município já têm, o que precisa é manutenção periódica. “Estamos trabalhando para isso, a Prefeitura tem empresa contratada por licitação. Estamos mapeando a situação para ver o cronograma de atuação”, completou.

Condições elevam Ideb

De acordo com o secretário todos esses itens estruturais, aliados à qualidade do ensino resultam claramente numa elevação dos índices do Ideb, o que já acontece no Barão do Rio Branco no 4° ao 5° anos e do 8° ao 9° anos do Ensino Fundamental. Nas duas situações, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica da escola superou agora as metas estipuladas pelo Ministério da Educação (MEC) para 2021.

“Esse processo gradativo de qualificação reflete na melhoria do Ideb. O MEC mostra que houve avanços significativos no caso da escola Barão do Rio Branco, que foi mudando de patamar a cada dois anos, que é o período que é avaliado o Ideb. Trabalhou-se a parte estrutural e pedagógica, uma ligada à outra. Esse estímulo que estamos trabalhando na REME. Precisamos fazer com que seja retomado o estímulo das crianças estarem na escola, de gostarem da escola, de querer estar na escola, aprender, valorizar e vivenciá-la. Encontramos uma receita e outros gestores também podem ter outras receitas pra isso. Temos um caminho para melhorarmos o Ideb das escolas da REME de Corumbá”, finalizou o secretário municipal de Educação. A REME conta com aproximadamente 15 mil alunos matriculados. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos