Menu
terça, 11 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

Prefeitura suspende limpeza e cidade está entregue ao Aedes

21 dezembro 2015 - 09h35Correio do Estado
Justo num momento delicado em que quase todo o país se mobiliza por medidas implacáveis de combate ao mosquito aedes aegypti, cuja simples picada infecta com doenças que podem matar, como dengue, febre chikungunya e ainda o chamado zika vírus, relacionado ao crescimento dos casos de microcefalia, a prefeitura de Campo Grande suspendeu 80% dos serviços de capinagem, varrição e limpeza de bocas lobo. O comando da concessionária Solurb, que coleta o lixo da cidade e também cumpre a tarefa da limpeza foi quem confirmou o corte dos serviços. A empresa só tem atuado em ruas e avenidas de expressiva visibilidade, como na região central e arredores. A Solurb, contudo, não informou o que os cortes representam em dinheiro. O serviço foi suspenso no dia 22 de outubro passado. Procurada na sexta-feira à tarde, a prefeitura não se manifestou. PRATO CHEIO A falta de limpeza em locais que podem se transformar em criadouros do mosquito evidencia-se, por exemplo, na região do conjunto Mata do Jacinto. “Vinham [empregados da Solurb] direto  por aqui. O pessoal limpava cedo e, à tarde, levavam os entulhos. Agora, está assim, cheio de mato, prato cheio para os mosquitos”, disse o presidente da Associação dos Moradores do conjunto Novo São Paulo, Milton de Oliveira Garcia, 60. O vizinho de Garcia, Walter Cezário, 47 anos, 30 dos quais morador do local, também questionou o corte no serviço. “Sempre alguém vinha limpar aqui. A gente via trator, maquinário e agora, nada. Acho um erro, já que essas doenças [dengue, zika vírus] vieram com força”, disse Cezário. Garcia e Cezário moram em frente à Praça Joel Carlos de Souza, conhecida também como Praça das Pedrinhas, que ocupa um quarteirão inteiro, no centro do conjunto Novo São Paulo. Praças e ruas visitadas pela reportagem do Correio do Estado indicam que a limpeza de praças e locais públicos foram abandonadas também nos principais bairros distantes na região central. Mato alto e entulhos espalhados por ruas foram notados, por exemplo, no Cidade Jardim, bairro Tiradentes, Vilas Boas, Jardim TV Morena, conjunto Estrela Dalva e Nova Bahia. OPERAÇÃO Tirando o serviço suspenso de limpeza efetuado pela Solurb, por circunstâncias ainda não divulgadas, a prefeitura combate a dengue por meios próprios e também por colaborações e por ajuda voluntária. O Exército, por exemplo, pôs efetivo nos bairros para colher pneus velhos e abandonados. Empresas tem emprestado caminhões para recolher a sujeira catada em imóveis abandonados.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
PRF apreende mais de 7 toneladas de maconha em MS
POLICIAL
PF realiza prisão por tráfico interestadual de drogas e apreende 200 kg de maconha
EDUCAÇÃO
IFMS investe no aprimoramento de atividades não presenciais
MEIO AMBIENTE
Parque Municipal de Piraputangas recebe observação de aves
HOMENAGEM
Câmara homenageia OAB de Corumbá pelo seu 63º aniversário de fundação
CIDADANIA
Abertas as inscrições para a 2ª edição do programa Juventude Empreendedora
GERAL
Após recomendação da Anvisa, Estados e prefeituras mudam vacinação de grávidas
GERAL
CPI da Covid questiona presidente da Anvisa sobre vacinas nesta terça
ECONOMIA
Produtividade cai 2,5% no primeiro trimestre de 2021, aponta pesquisa da CNI
GERAL
Maio da Diversidade LGBT+ terá mais de 100 ações do Governo MS

Mais Lidas

POLICIAL
PM encerra festa clandestina em casa abandonada e prende foragido da justiça
POLICIAL
Homem é preso por infração de medida sanitária e desobediência
POLICIAL
Casal é preso após briga no bairro Dom Bosco
POLICIAL
PRF recupera veículo e liberta homem que estava mantido em cárcere privado