Menu
sábado, 31 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Prefeitura suspende limpeza e cidade está entregue ao Aedes

21 dezembro 2015 - 09h35Correio do Estado
Justo num momento delicado em que quase todo o país se mobiliza por medidas implacáveis de combate ao mosquito aedes aegypti, cuja simples picada infecta com doenças que podem matar, como dengue, febre chikungunya e ainda o chamado zika vírus, relacionado ao crescimento dos casos de microcefalia, a prefeitura de Campo Grande suspendeu 80% dos serviços de capinagem, varrição e limpeza de bocas lobo. O comando da concessionária Solurb, que coleta o lixo da cidade e também cumpre a tarefa da limpeza foi quem confirmou o corte dos serviços. A empresa só tem atuado em ruas e avenidas de expressiva visibilidade, como na região central e arredores. A Solurb, contudo, não informou o que os cortes representam em dinheiro. O serviço foi suspenso no dia 22 de outubro passado. Procurada na sexta-feira à tarde, a prefeitura não se manifestou. PRATO CHEIO A falta de limpeza em locais que podem se transformar em criadouros do mosquito evidencia-se, por exemplo, na região do conjunto Mata do Jacinto. “Vinham [empregados da Solurb] direto  por aqui. O pessoal limpava cedo e, à tarde, levavam os entulhos. Agora, está assim, cheio de mato, prato cheio para os mosquitos”, disse o presidente da Associação dos Moradores do conjunto Novo São Paulo, Milton de Oliveira Garcia, 60. O vizinho de Garcia, Walter Cezário, 47 anos, 30 dos quais morador do local, também questionou o corte no serviço. “Sempre alguém vinha limpar aqui. A gente via trator, maquinário e agora, nada. Acho um erro, já que essas doenças [dengue, zika vírus] vieram com força”, disse Cezário. Garcia e Cezário moram em frente à Praça Joel Carlos de Souza, conhecida também como Praça das Pedrinhas, que ocupa um quarteirão inteiro, no centro do conjunto Novo São Paulo. Praças e ruas visitadas pela reportagem do Correio do Estado indicam que a limpeza de praças e locais públicos foram abandonadas também nos principais bairros distantes na região central. Mato alto e entulhos espalhados por ruas foram notados, por exemplo, no Cidade Jardim, bairro Tiradentes, Vilas Boas, Jardim TV Morena, conjunto Estrela Dalva e Nova Bahia. OPERAÇÃO Tirando o serviço suspenso de limpeza efetuado pela Solurb, por circunstâncias ainda não divulgadas, a prefeitura combate a dengue por meios próprios e também por colaborações e por ajuda voluntária. O Exército, por exemplo, pôs efetivo nos bairros para colher pneus velhos e abandonados. Empresas tem emprestado caminhões para recolher a sujeira catada em imóveis abandonados.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Trio é preso por descaminho em ônibus irregular
Pedido Liminar
MPT pede suspensão de portarias do governo federal que altera normas de segurança no trabalho
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (30) em Corumbá
Calendário
Primeira parcela do IPTU 2021 vence hoje (30)
Açãode Marketing
Equipe do Bonito CVB visita Corumbá para parceria de divulgação turística
Pagamento Liberado
Servidores do município recebem salários de julho hoje (30)
Receptação
Homem vai parar na Delegacia por moto comprada no Trocas
Calendário
Inscrições para o Fies 2021.2 terminam às 23h59 de hoje (30)
Bombeiros
Incêndio destrói casa de madeira no bairro Industrial
GAPA
Grupo recebe R$ 40 mil para projeto de castração animal em Corumbá

Mais Lidas

Receptação
Homem vai parar na Delegacia por moto comprada no Trocas
Fronteira
Bilhete com ameaças foi deixado sobre sacos com partes do corpo de rapaz sequestrado em MS
Flagrante
Trio é preso por descaminho em ônibus irregular
Imunização
Veja quem pode se vacinar nesta sexta (30) em Corumbá