Menu
quarta, 22 de maio de 2024
Câmara de Corumbá - Maio Amarelo 2024
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Prefeitura busca implantação de Terminal Fluvial no Porto de Corumbá

23 junho 2016 - 07h52Sandro Assef

Reunião com o objetivo de por fim ao impasse referente à posse, gestão e uso do Cais do Porto de Corumbá, aconteceu na ultima segunda, 20 de Junho, em Brasília, na sede da Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários). Márcia Rolon, vice-prefeita e Pedro de Antunes, Gestor do Porto da cidade, estavam presentes para defender os interesses do município.

Segundo a Márcia, “há 18 anos, foi firmado um convênio de sessão e uso do Porto Fluvial de Corumbá, entre a Superintendência do Patrimônio da União e o Município, na qual passados todos esses anos e, após as benfeitorias realizadas no local, é necessário refazer as tratativas para que não fiquem lacunas que possam prejudicar o Executivo Municipal, bem como as atividades econômicas que dependem do uso do espaço.”

Conforme determinação do Governo Federal, por meio da agência reguladora, o Porto é classificado como de pequeno porte e se adéqua ao modelo IP4, que tem por finalidades: favorecer a movimentação e armazenagem de cargas e embarque e desembarque de passageiros em áreas atendidas pelo transporte fluvial, substituindo o antigo porto rudimentar.

Pedro Antunes, acredita que, “após a finalização das questões jurídicas, o espaço do Centro de Convenções de Corumbá, será adaptado em um grande terminal de embarque e desembarque de passageiros dos barcos hotéis que atuam no segmento de turismo de pesca em nossa região,  de modo que não altere as ações culturais que já ocorrem no local. Entretanto, como acontece nos aeroportos e rodoviárias, será cobrada aos visitantes, uma taxa de embarque, que será revertida à melhorias e sustentabilidade do próprio IP4”, afirmou o Gestor do Porto, Pedro de Antunes.

A implantação definitiva do IP4 irá organizar de forma segura e eficiente a saída e chegada das embarcações, embarque de turistas que passam entre três e cinco dias pescando e contemplando o Pantanal e ainda fomentará o desenvolvimento do comércio no Terminal Fluvial de Corumbá.

Márcia avalia que a reunião foi extremamente benéfica, à medida que o órgão representante da esfera Federal, pode perceber que o Executivo Corumbaense trabalha com empenho para dinamizar as atividades econômicas e que o uso do Porto Fluvial é ferramenta primordial para o desenvolvimento regional.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Começa amanhã consulta a maior lote de restituição do IR da história
Economia
Quase 50 mil pessoas buscam negociar dívidas em MS
Saúde
Projeto que institui vacinação nas escolas vai à sanção presidencial
Na Zona Rural
Vereador quer equipes da Assistência Social, atendendo assentamentos de Corumbá
Segurança
Táxis de Corumbá tem até 21 de junho para implantar QR Code de identificação
Transporte
Corumbá abre credenciamento para 30 autorizações de mototáxi
Marinha e Bombeiros
Idosa vítima de AVC é resgatada por aeronave em fazenda do Taquari
Incentivo
Agricultores familiares de Corumbá entregam 3 toneladas de alimentos no lançamento do PPA
Infraestrutura
Interditada: ponte sobre o rio Paraguai recebe 3ª concretagem neste no fim de semana
Na madrugada
Homem é preso vendendo droga em beco do bairro Borrowski

Mais Lidas

Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Na Câmara
Projeto de Lei Municipal torna laudos de TEA permanentes
Investigação
Padre de MS é denunciado por relacionar bruxaria e satanismo à tragédia no RS
Segurança
Denúncia de moradora recupera moto furtada no bairro Vila Mamona