Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

Prefeitura apresenta projeto de Bases Comunitárias na SENASP

13 março 2018 - 10h07Prefeitura de Corumbá

A Prefeitura de Corumbá apresentou à Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) projetos para instalação de três Bases Comunitárias na cidade. “Estas bases serão criadas no distrito de Albuquerque e nos bairros Cervejaria e Padre Ernesto Sassida. Hoje, esses são os grandes gargalos na área de segurança em nosso município”, informou o secretário Especial de Segurança Pública e Defesa Social, tenente-coronel da Polícia Militar César Freitas Duarte. Apresentado em Brasília pelo prefeito Marcelo Iunes, a iniciativa prevê a integração de diversos órgãos ligados à segurança pública.

“Buscamos formalizar parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) para atendermos, em cada Base, 80 crianças em situação de vulnerabilidade através do projeto ‘Guarda Mirim’. A UFMS nos forneceria os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação para trabalho no contra turno da escola regular dessas crianças, com aulas de reforço. Teríamos ainda um guarda para trabalhar questões relacionadas a Civismo e Cidadania. Dentro da Base também teríamos uma Patrulha Maria da Penha. No bairro Cervejaria uma base ambiental em parceria com a Fundação de Meio Ambiente do Pantanal para trabalhar conscientização e educação ambiental; além de dar suporte à fiscalização no âmbito municipal. Contemplaríamos a Guarda Mirim, Guarda Ambiental, Patrulha Maria da Penha tudo na mesma base. Vamos propor um acordo com a Polícia Militar para que tenhamos, em cada Base Comunitária, 10 policiais militares para ações do PROERD, que é a maior ferramenta de prevenção ao uso de drogas. A Guarda Municipal manteria equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) para a proteção daquele prédio público”, explicou o secretário.

Ainda em Brasília, o secretário manteve reuniões com o secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Alberto dos Santos Cruz. No encontro foram discutidas situações referentes à violência e acesso às drogas, que por conta da localização fronteiriça de Corumbá, “fomenta uma série de outros crimes, como roubos e furtos, que afligem a sociedade corumbaense”, observou Freitas.

Na reunião com a Senasp ainda foram tratados assuntos ligados ao serviço de Inteligência; efetivo das forças federais na fronteira na região de Corumbá; realização de ações integradas e linhas de financiamento para a área de Segurança Pública.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Serviço
Sesc inaugura nova unidade em Corumbá
Arma Apreendida
Polícia prende autor após perseguição e troca de tiros no Cristo Redentor
Em Campo Grande
MDB filia novos membros para juventude do partido
Luto
Armando Anache morre aos 91 anos no Rio de Janeiro
Campanha
Corumbaense pode descartar medicamentos em drive thru nesta quinta (23)
Em Corumbá
Abertas as inscrições para o Festival Internacional de Pesca Esportiva
"Dark Money"
Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju
Só piora
Cinco incêndios urbanos foram registrados nas últimas 24 horas
Fazendo xixi
Mulher cai em ribanceira de 10 metros na Avenida General Rondon
Vento Forte
Figueira cai sobre residência e danifica rede elétrica no Loteamento Pantanal

Mais Lidas

Naviraí
Casal preso por tráfico de aves silvestres recebe multa de R$ 2,5 milhões da PMA
243 anos
Corumbá celebra aniversário com retomada de desenvolvimento
21 de setembro
Incêndios continuam e Corumbá não tem motivo para celebrar o dia da árvore
Tempo
Inverno se despede com temperaturas acima dos 40°C e umidade do ar em níveis críticos