Menu
domingo, 24 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Prefeito empossa conselheiros tutelares e primeiro desafio será o carnaval

11 janeiro 2016 - 10h02Assessoria Institucional PMC
O prefeito Paulo Duarte empossou na manhã desse domingo, os novos membros do Conselho Tutelar de Corumbá, titulares e suplentes, e o primeiro grande desafio será o carnaval, com a realização de ações visando a proteção e defesa dos direitos das crianças e adolescentes, já seguindo as orientações baixadas pela Justiça em relação ao Reinado de Momo. A posse aconteceu durante ato realizado na Casa dos Conselhos e, na oportunidade, o prefeito destacou a importância do trabalho dos conselheiros tutelares. Deixou evidenciado, no entanto, que para um bom desempenho das funções, é preciso que a sociedade, a família participe de forma ativa, sendo parceira do Conselho Tutelar. Citou inclusive que o primeiro grande desafio dos novos membros será o carnaval, fazendo cumprir as orientações da Justiça. “Os conselheiros tutelares desenvolvem um trabalho de extrema importância, mas é preciso estabelecimento de parcerias com a sociedade, com a família”, destacou. “Reconhecemos o valor que os conselheiros tem que, neste período em que todas as viagens e diárias estão suspensas, para conter gastos, autorizamos a ida de dois conselheiros para participar de um curso em Campo Grande, por entender que isto é importante”, comentou. O prefeito citou também o fato de que os novos conselheiros eleitos terão todos os direitos dos trabalhadores. “Antes era um trabalho voluntário. Hoje, todos têm os mesmos direitos de um trabalhador e salário equiparado ao de gestores da Prefeitura. Esperamos muito dessa equipe que já tem o carnaval pela frente”, completou. O presidente da Câmara Municipal, vereador Tadeu Vieira, prestigiou o ato e também citou a importância da participação da família no processo. Lembrou que o Poder Legislativo está com uma proposta de desenvolver um trabalho voltado à família, durante este ano, para combater atos inflacionários praticados por crianças e adolescentes, visando formação de futuros cidadãos. A vice-prefeita e diretora-presidente da Fundação de Meio Ambiente do Pantanal, Márcia Rolon, e a presidente do Conselho Municipal da Criança e Adolescente, Renata Para, prestigiaram o ato, assim como a secretária de Assistência Social e Cidadania, que colocou a pasta à disposição da nova equipe, lembrando que o Conselho Tutelar avançou muito nos últimos anos, e que a meta é fortalecer cada vez mais o órgão. Foram empossas as conselheiras Laize de Freitas Araujo, Patrícia dos Santos Ferri, Gislene Serra dos Santos, Angélica Leal de Arruda e Kamila Silva Castelo, todas titulares, além de Jacqueline de Campos Rojas e Ednaldo da Silva Ramos, suplentes. Todos foram eleitos no primeiro processo unificado nacional que aconteceu em outubro de 2015, pleito que contou com a participação de 1.189 eleitores.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois turistas são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória no rio Miranda
Alerta
Últimos dias para inscrições em editais da Funarte
Imunização
Quem pode se vacinar contra Covid neste fim de semana
1 hora a menos
Agepan defende o retorno do horário de verão para economia de energia em MS
74 vagas
Concurso público da Sanesul recebe inscrições até 11 de novembro
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19
Orientação
O que fazer para prevenir problemas durante e após temporais
CNH MS Social
Programa de habilitação gratuita já tramita na Assembleia Legislativa
Tempo
Chuva ganha força a partir deste sábado e pode trazer nova tempestade para MS
Precaução
Tradicional Procissão Fluvial é cancelada devido previsão de mal tempo

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19