Menu
quarta, 04 de agosto de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Maio
Geral

População ganha Associação Municipal de Saúde Mental

22 dezembro 2015 - 10h30
Inaugurada na última sexta-feira (18), a Associação de Saúde Mental do município tem por objetivo fortalecer os serviços, lutar pelos direitos dos usuários, familiares e funcionários. Os serviços passam a ter voz por direito, a ter subsídios para defesa de seus interesses e também desempenhar deus deveres enquanto cidadãos. A entidade possibilita buscar espaços, criar possibilidades, alternativas, parcerias para a constante luta na excelência ao tratamento da saúde mental. Não possui fins lucrativos e nem partidários, mas sim os direitos das pessoas portadores de transtornos mental e usuários de álcool e outras drogas. Nesta segunda-feira, 21, às 15 horas, a comissão provisória se reunirá para a elaboração do estatuto da associação que norteará e subsidiará a atuação da mesma. Estrutura Corumbá conta hoje com uma rede estruturada em saúde mental, atuando de acordo com a Portaria/GM Nº 3.088, que Institui a Rede de Atenção Psicossocial para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de saúde (SUS). A Rede de Atenção Psicossocial – RAPS vai além dos Caps, deve integrar todos os serviços de saúde, as unidades básicas de saúde, os Nasf, Consultório na Rua, os serviços de urgência e emergência incluindo o Samu, o serviço de residência terapêutica, os leitos em hospitais gerais, unidade de acolhimento que teve sua obra lançada no último dia 03/12 pelo prefeito Paulo Duarte e serviços de caráter residencial provisórios. Hoje o município conta com mais de 80% por cento da rede o que amplia o atendimento aos portadores de transtorno mental ou usuários de álcool e outras drogas. A associação vai fortalecer esse direito para que todos os serviços descritos na portaria desempenhem de fato o cuidado aos usuários do SUS. Os serviços de referencia para saúde mental são os Caps, hoje Corumbá conta com 3 modalidades: CAPS ad que atende usuários de álcool e outras drogas, CAPS II José Fragelli que atende pacientes com transtornos mentais severos e o CAPS i que atende crianças e adolescentes com transtorno mental e usuários de álcool e outras drogas. Os serviços são de livre demanda, e garantem atendimento médico, medicamentoso, atividades em grupo e a reinserção social.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Calendário
Inscrições para o Incentiva+MS Turismo termina neste fim de semana
Destaque Nacional
Mais de 6 mil policiais já receberam a imunização completa em MS
Tempo
Primeira quinzena de agosto será marcada por calor e tempo seco
Vereador
Luciano Costa solicita psicólogos e assistentes sociais nas escolas municipais
Campanha
Dia 13 tem sessão solene em homenagem ao Agosto Lilás na Câmara
Respeito
Vereador propõe instituir Dia em Memória das Vítimas da Covid-19
Geral
MS supera meta na campanha de vacinação contra febre aftosa
Último dia
Contribuintes têm até hoje para aderir ao REFIS; CAC funciona até às 13h30
Oportunidade
Inscrições para graduação do IFMS terminam nesta terça (3)
Retomada MS
Edital de R$ 5,3 milhões é publicado em apoio a Cultura de MS

Mais Lidas

Acidente
Motociclista sofre fratura na perna após colidir com carro
Doença
Primeiro caso de Fungo Negro em MS é confirmado na Capital
Boletim
54 cidades de MS têm taxa de letalidade da Covid abaixo do índice nacional
Vereador
Luciano Costa solicita psicólogos e assistentes sociais nas escolas municipais