Menu
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Policias Civis repudiam R$ 200 de aumento concedido pelo Governo do Estado

01 abril 2016 - 11h17Sylma Lima
Policiais Civis de todo de Mato Groso do Sul paralisam serviços por 12 h nesta sexta-feira, em protesto aos R$ 200,00 de aumento concedido aos servidores públicos nesta quinta-feira,31 de Março, pelo governador Reinaldo Azambuja. Assim que foi feito o anuncio as redes sociais e grupos de Wats App começaram a bombardear vídeos com depoimentos sarcásticos de policiais revoltados com o “ aumento” e postagens debochando da quantia, “ estamos há dois anos sem aumento e agora o governador anuncia R$ 200 tão” , disse um policial que pediu para não ter seu nome revelado temendo represálias, “ sem contar com os impostos e outros abatimentos. Isso foi a piada do ano” , disse outro servidor. Um vídeo irônico postado pelo investigador Jeam de Campo Grande teve milhares de acessos logo após ser compartilhado em redes sociais. O policial imita o sobrinho do ex governador petista Zeca do PT quando foi hostilizado durante um evento e deu entrevistas ácidas sobre episódio, dizendo que quem não era petista, “ ia começar com o chororô, o mi, mi, mi" ,  entre outros adjetivos inapropriados para situação em que o seu partido se encontrava no pais. O vídeo de Jeam , como ele mesmo justifica no Blog do Nélio, “ foi uma forma de protesto. Uma brincadeira com a situação” , mas o fato é que o " reajuste"  gerou mais revolta nos colegas que decidiram paralisar as atividades a uma hora da madrugada de hoje.12143252_10206991861301101_8930810555948156733_n Em Corumbá não foi diferente, agentes, peritos, escrivães e delegados também aderiram ao movimento e hoje, 1º de Abril protestaram em frente ao 1º Distrito Policial. Segundo Israel Leite Bugarim, diretor adjunto do Simpol (Sindicato dos Policiais Civis) para assuntos trabalhistas, aposentados e pensionistas disse ao Capital do Pantanal que ficou decidido pela categoria, em assembleia do Simpol em Campo Grande, no dia 12 de março, que nesta sexta-feira (1° de abril) fariam o protesto por meio de paralisação de 12 horas de trabalho, em reivindicação ao  cumprimento da promessa do governo do Estado de que teríamos o quinto melhor salário do país. “A Policial civil não recebe para cuidar de presos, essa responsabilidade é da Agepen, queremos receber de acordo com as particularidades e responsabilidades que desempenhamos. Uma das obrigatoriedades para concorrer a vaga de policial civil é a formação superior, e temos que receber de acordo com esse diferencial, outra reivindicação é a disponibilidade de material especifico para trabalho nas ruas, como coletes e munições. Ano passado o sindicado conversou com o governador, ele recusou o reajuste na época prometendo ceder neste ano, e ontem a proposta do governo foi de R$ 200 reais para a categoria de servidores públicos, incluindo a civil, por isso o ato que serve de alerta para o governo” . O contingente de 30% de pessoal obrigatório está mantido, para atendimentos ao público e flagrantes, como homicídios e lei Maria da Penha. Ao todo são aproximadamente 90 policiais que participam da paralisação em Corumbá e Ladário, entre a 1° Delegacia de Polícia Civil, DAM (Delegacia da Mulher), DAIJI (Delegacia de Atendimento a Infância, Juventude e Idoso) e Delegacia de Ladário além dos Postos de Identificação e Perícia. Assista ao vídeo de Policial Civil, que satirizou o reajuste concedido e imediatamente rivalizou na rede. [video width="222" height="400" mp4="https://www.capitaldopantanal.com.br/upload/dn_noticia/2016/04/12950643_810493345721388_2021466215_n.mp4"][/video]   --

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,221 bilhões
SAÚDE
Processo seletivo que seleciona médicos plantonistas tem inscrições abertas
BOLETIM COVID
MS passa a registrar 3.270 óbitos por coronavírus
GERAL
Thronicke considera uma vitória aprovação de projeto que facilita compra de vacinas anti-Covid
GERAL
Na final do Brasileirão, GFI interdita Avenida General Rondon
ESPORTE
Flamengo visita São Paulo em busca de título do Brasileiro
GERAL
Homem é alvejado por disparos de arma de fogo na Codrasa
CAPACITAÇÃO
Cassems realiza curso para implantação de UTI em Corumbá
POLICIAL
Policia Federal cumpre mandados de busca e apreensão na Capital
GERAL
Vereador pede a criação de novas sedes do Conselho Tutelar de Corumbá

Mais Lidas

GERAL
Na final do Brasileirão, GFI interdita Avenida General Rondon
GERAL
Homem é alvejado por disparos de arma de fogo na Codrasa
CAPACITAÇÃO
Cassems realiza curso para implantação de UTI em Corumbá
POLICIAL
Passageira de ônibus é presa com mais de 80 mil reais em Corumbá