Menu
sábado, 10 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
Andorinha Fevereiro
Geral

Polícia Federal desarticula Organização Criminosa voltada à entrada irregular de estrangeiros

20 novembro 2018 - 13h29Assessoria de imprensa PF

A Polícia Federal no Mato Grosso do Sul deflagrou, nesta manhã de terça-feira,20, durante operação denominada Carone, por meio da qual foi desarticulado um esquema criminoso que ocorria no posto de controle migratório (Posto Esdras) em Corumbá/MS. A ação delituosa foi estabelecida por “empresas de turismo” que vendiam um “pacote” aos estrangeiros que desejavam entrar no País cobrando, além do transporte até São Paulo, taxas para não precisar passar pela fiscalização imigratória.

O estratagema criminoso era composto por despachantes das “empresas de turismo”, contudo tinha a participação de um Policial Federal, um servidor Administrativo e um contratado da Polícia Federal, os quais facilitavam a entrada irregular dos estrangeiros. Os valores cobrados diferiam por migrantes, sendo que, inclusive, estrangeiros com impedimento ou com multa vigente tinham seus registros adulterados, de forma a permitir o ingresso em território nacional.

A prática criminosa consistia no desvio de documentos de imigração (conhecidos como “tarjetas”), os quais eram entregues aos despachantes que vendiam no “pacote” aos estrangeiros que desejavam entrar irregularmente no País. Após essa fase, os documentos eram inseridos nos sistemas de controle, burlando totalmente as regras estabelecidas, permitindo com que indivíduos ingressassem sem qualquer tipo de fiscalização. Migrantes com impedimentos ou multas tinham seus dados alterados para permitir o acesso ao território nacional.

Estão sendo cumpridos 05 (cinco) Mandados de Prisão Preventiva e 06 (seis) Mandados de Busca e Apreensão, por cerca de 30 (trinta) Policiais Federais. A Operação foi batizada de Caronte, pois esse personagem mitológico era um barqueiro que somente atravessava as pessoas para outro plano mediante o pagamento de uma moeda, em alusão à corrupção praticada para permitir acesso ao território nacional.

Delegacia de Polícia Federal em Corumbá/MS – Praça da República, 51 - Centro, Corumbá - MS, – (67) 3234-7800

Importante informar aos estrangeiros que desejam ingressar no País que os mesmos não devem pagar quaisquer quantias a servidores ou despachantes para os procedimentos de imigração.

Qualquer tipo de conhecimento da população acerca da prática de crimes de corrupção, como este, bem como de tráfico de drogas, crime eleitoral, trabalho escravo, tráfico de armas, pornografia infantil, terrorismo e crime ambiental poderá ser denunciado à Polícia Federal através dos contatos: (67) 3234-7800, (67) 99131-9355 (whatsapp) e e-mail:

[email protected], mantendo-se em anonimato a informação.Será concedida Coletiva à imprensa, às 10h, na Delegacia da Polícia Federal em Corumbá/MS, com maiores detalhes da operação.

 

 

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza terá início na próxima segunda
MUDANÇA NO CTB
Nova Lei entra em vigor com alterações sobre uso de farol em rodovias
ECONOMIA
Cadastro de imóveis rurais será completamente digitalizado
GERAL
Corumbá recebe primeira remessa de queijos produzidos em assentamento rural
ESPORTE
Botafogo e Volta Redonda enfrentam-se neste sábado à noite
GERAL
CMDCA realiza neste sábado prova de conhecimento específico para Conselheiros Tutelares Suplentes
POLICIAL
PM captura foragido e aborda motociclista sem CNH no Guaicurus
POLICIAL
Casal vai para a delegacia após briga no Popular Nova
POLICIAL
Marido ameaça mulher, quebra objetos da casa e põe culpa em macumba
GERAL
Sorteio da mega-sena pode pagar R$ 27 milhões neste sábado

Mais Lidas

POLICIAL
Homem é acusado de agredir a própria mãe no bairro Vila Guarani
OPERAÇÃO
Operação Ágata Oeste tem resultados expressivos de apreensão de drogas e armas
SAÚDE
Campanha de vacinação contra a gripe começa na segunda
SAÚDE
Corumbá institui Núcleo de Reabilitação Pós Covid com atendimento multidisciplinar