Menu
sábado, 02 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

PMA faz parceria com o GAPA para coibir maus tratos a animais

13 abril 2018 - 09h06Sylma Lima
Balanço com número de animais vítimas de maus tratos feitos pelo GAPA é assustador. Foto: Divulgação

Há muito tempo o GAPA (Grupo de apoio a animais abandonados) vem agindo salvando animais das mãos de pessoas maldosas que maltratam, ou  abandonam animais quando adoecem. Eles soltam nas ruas sem a menor piedade e estes,  doentes , passam a perambular em busca de alimento ou um cantinho seco para dormir nas calçadas , marquises ou pelas ruas da cidade.

Neste semana o grupo se reuniu com a Policia Militar Ambiental a fim de celebrar um acordo de cooperação para coibir crime desta natureza. A partir de agora, todas as denúncias de maus tratos serão protocoladas na Polícia Militar Ambiental. “ O GAPA vai atender casos  que consideramos leves” , disse Simone Panovitch ao  Capital do Pantanal enfatizando que, “ vai trabalhar a conscientização e tentar fazer com que os tutores mudem a forma de tratar seus animais”.

Casos de agressão física deverão ser registrados na  PMA que atuará diretamente na questão, e posteriormente o GAPA entra em ação com o tratamento do animal ferido, tutela, e se for o caso a doação gratuita. Nos últimos anos o grupo vem agindo intensamente contra esse tipo de violência aos animais indefesos. Ano passado uma cadelinha foi resgatada após denuncia de moradores, onde a proprietária havia deixado amarrada ao relento, sem proteção para chuva ou sol enquanto ia trabalhar, " isso é muito comum. As pessoas pegam o animal e fazem essa crueldade. Vamos por o Código Penal para funcionar de fato punindo os infratores" . 

O artigo 32 da Lei 9.605/98 determina detenção de três meses a 1 ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos ou realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo ea punição é aumentada de um sexto a um terço se ocorrer . O GAPA conta com apoio do veterinário Rogério Ciabatari, da advogada Elisangela Cifuentes e a gestora ambiental Simone Panovitch e agora com ajuda da PMA.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia D
Municípios de MS participam de mobilização nacional em combate à Dengue
Ecoa Pantanal
Relatório alerta sobre o efeito cumulativo das barragens no Pantanal
Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em obras
Seilog garante que travesseia na ponte do rio Paraguai é segura
10 horas no trajeto
Criança é resgatada no Pantanal com miçanga no nariz
Em 5 cidades
Classificados para 3ª fase do Voucher Desenvolvedor participam de vivência no Senac
Campanha Nacional
Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito
Atrasado
MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni
Aposta
Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado
Destaque
Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

Mais Lidas

Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Devido a obra
Travessia de caminhões cegonha na ponte do rio Paraguai ocorre com horários programados
Em ônibus fretado
Três bolivianos são flagrados com 3,1 kg de cocaína nos calçados