Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Geral

PMA autua proprietário rural em R$ 12,3 mil por desmatamento ilegal e incêndio de vegetação nativa

27 maio 2018 - 08h35Sylma Lima

Durante fiscalização nas propriedades rurais do município de Terenos, Policiais Militares Ambientais de Campo Grande flagraram no assentamento Patagônia, hoje (26)  no início da tarde, um desmatamento de vegetação de cerrado, que fora executado sem autorização ambiental. Além do desmatamento ilegal, o infrator ainda realizou a queima do material lenhoso em leiras, também sem autorização do órgão ambiental competente.

O desmatamento e o incêndio do material lenhoso foram realizados em mudança do uso do solo para atividades de plantio de pastagem. A área desmatada foi medida em GPS perfazendo 4 hectares. Contra o infrator (43), residente no assentamento, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 12.290,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de três a seis meses de detenção.

 

Leia Também

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Palestras
3ª edição da Semana da Saúde do Sesc tem foco nos reflexos da pandemia
SCT 2021
IFMS abre inscrições para Semana de Ciência e Tecnologia
Javaporco
PMA flagra criação ilegal de javalis em propriedade de Dourados
Alerta
De agendamentos a esquemas de 'pirâmides', entenda os maiores golpes do Pix em MS
Retomada
Fundtur recebe inscrições no Programa "Incentiva+MS Turismo" até 5 de outubro
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Balanço
Mais de 50% das drogas apreendidas na Operação Fronteiras e Divisas I são de MS
Economia
Comércio deve facilitar pagamento e ser cauteloso para o Dia das Crianças

Mais Lidas

Denúncia
Homem morre e família acusa médica da UPA de negligência
Imunização
Veja quem pode se vacinar neste fim de semana em Corumbá
Desenvolvimento
Comissão mista homologa consórcio que vai construir ponte da Rota Bioceânica em MS
Bonito
Mulher é multada em R$ 5 mil por desmatamento ilegal em área protegida