Menu
quinta, 20 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

PF deflagra operação contra lavagem de dinheiro em MS e mais cinco estados

11 setembro 2020 - 11h01Gabrielle Tavares, Correio do Estado

Foi deflagrado na manhã desta sexta-feira (11) a “Operação Status”. A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em seis estados brasileiros. Em Mato Grosso do Sul, policiais agem em Campo Grande, Dourados e Ponta Porã.

A operação também conta com colaboração da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) do Paraguai.

O esquema criminoso investigado tinha como ponto principal a lavagem de dinheiro do tráfico de cocaína, por meio de empresas “laranjas” e de fachada. Haviam construtoras, administradoras de imóveis, lojas de veículos de luxo, entre outras.

A equipe, que era especializada na lavagem de grandes volumes de valores ilícitos, também contava com uma rede de doleiros sediados no Paraguai, com operadores em cidades brasileiras como Curitiba, Londrina, São Paulo e Rio de Janeiro.

Na Capital sul-mato-grossense são cumpridos, nesta manhã, três mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão. Em Ponta Porã, são nove mandados de busca e apreensão, e em Dourados, dois.

Foram sequestrados mais de R$ 230 milhões em patrimônio, advindos do crime organizado nos dois países. Em território brasileiro foram apreendidos 42 imóveis, duas fazendas, 75 veículos, embarcações e aeronaves. Os valores somados dos bens chegam a R$ 80 milhões.

Além de Mato Grosso do Sul, policiais federais cumprem ordens judicais são cumpridas nos estados de Mato Grosso, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro.

No Paraguai foram expedidos quatro mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão, em doze locais nas cidades de Assunção e Pedro Juan Caballero.

A operação foi batizada de “Status” em alusão à ostentação de alto padrão de vida mantida pelos líderes da organização criminosa, com participações em eventos de arrancadas com veículos esportivos de alto valor, contratação de artistas famosos para eventos pessoais e residências de luxo.

Distribuição dos mandados:

- Campo Grande/MS — 14 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva;
- Ponta Porã/MS — nove mandados de busca e apreensão;
- Dourados/MS — dois mandados de busca e apreensão;
- Cuiabá/MT — três mandados de busca e apreensão, e um mandado de prisão preventiva;
- Barra do Garças/MT — duas fazendas com mandado de busca e apreensão;
- Primavera do Leste/MT — dois mandados de busca e apreensão;
- Curitiba/PR — quatro mandados de busca e apreensão;
- Londrina/PR – um mandado de busca e apreensão;
- São Paulo/SP – cinco mandados de busca e apreensão;
- Rio de Janeiro/RJ – um mandado de busca e apreensão.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

No Pantanal
Vereador pede instalação de hidrante para combate a incêndios em Forte Coimbra
Assistência
Abertas as inscrições para Casamento Civil Comunitário 2024 em Corumbá
50% + que 2023
Governo de MS libera R$ 72 milhões das emendas parlamentares de 2024
Paredão de fogo
Equipes atuam em cinco frentes de combate ao fogo no Pantanal
Economia
Conselho aprova 86 cartas consulta que pleiteiam R$ 175 milhões em financiamentos pelo FCO
Meio Ambiente
ONGs destacam importância do trabalho conjunto no combate à incêndios no Pantanal
Tempo
Quinta-feira tem chance de chuva em parte do estado, mas em Corumbá o calor continua
Meio Ambiente
Falta de navegabilidade já impacta atuação de combate ao fogo no Pantanal
Programação
Arraial do Banho de São João em Ladário acontece de 20 a 23 de junho
Estado
Aprovados no concurso público da Saúde de MS são convocados para posse

Mais Lidas

Queimadas
Fogo destrói ponte de madeira na Estrada Parque
Ladário
Incêndio atinge região da Apa Baía Negra
Queimada
Fogo cresce na região do Bracinho e brigada da Apa Baía Negra fica sob alerta
Fronteira
Operação conjunta apreende 2 toneladas de mercadorias irregulares, Ilhamas empalhadas e cocaína