Menu
segunda, 25 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

PF apreende material de campanha de Lula em Campo Grande e interior

02 outubro 2018 - 16h09Correio do Estado

A Polícia Federal cumpriu hoje, 12 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS), em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Mundo Novo. O objetivo das buscas foi apreender material de campanha no qual constava ‘Lula’ como candidato a presidente da República. Os mandados derivam de representação da Procuradoria Regional Eleitoral.

O ministro Luís Roberto Barroso, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu no mês passado o uso do nome de Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao cargo de presidente. Segundo decidido pelo magistrado na ocasião, se a coligação “O povo feliz de novo” - que reúne PT, PCdoB e Pros - insistisse na veiculação de propagandas com o ex-presidente encabeçando a chapa poderia ter o tempo no rádio e na televisão suspensos.

Na Capital, pelo menos três equipes da Polícia Federal chegaram com malotes de material apreendido na sede da superintendência no fim da manhã desta terça-feira (2). Os agentes confirmaram à reportagem que se tratava de material recolhido com mandados expedidos pela Procuradoria Regional Eleitoral.

“Determino à Coligação “O Povo Feliz de Novo” e a Luiz Inácio Lula da Silva que se abstenham, em qualquer meio ou peça de propaganda eleitoral, de apresentar Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao cargo de Presidente da República e apoiá-lo na condição de candidato, sob pena de, em caso de novo descumprimento, ser suspensa a propaganda eleitoral da coligação no rádio e na televisão”, decidiu à época. A decisão pode ser implementada diretamente por juízes auxiliares.

DIRETÓRIO DO PT

Uma equipe da PF, com dois policiais, foram até o diretório do PT, que fica na Rua das Garças, número 2320, para fiscalizar se teria material ilegal em que declara Lula candidato à Presidência, mas não encontraram nada e foram embora. A ação ocorreu no fim da manhã.

Conforme uma secretária que trabalha no local, que preferiu não se identificar, o material em que apresentava Lula como candidato foi retirado antes da operação ser realizada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHUVA
Corumbá já tem maior acumulado de chuva da história
SAÚDE
Corumbá recebe novo lote com 970 doses da vacina contra Covid-19
CIDADANIA
Prefeitura de Corumbá inicia ações da Semana da Visibilidade Trans; confira programação
COVID-19
MS apresenta 156,7 mil confirmações de coronavírus
DEFESA CIVIL
Volume de chuvas faz rio em Miranda atingir cota de emergência
EDUCAÇÃO
MEC anuncia regras para o Fies do segundo semestre de 2021
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Bombeiros atendem colisão de carro e moto no Popular Velha
ALERTA
Período de calor e chuva contribui com aumento de acidentes com escorpiões
POLICIAL
PM de Corumbá recupera motocicleta furtada antes de proprietário perceber o crime no bairro Popular
POLICIAL
Em Corumbá homem é preso por violência doméstica contra sua mãe

Mais Lidas

POLICIAL
Grupo é preso por tráfico de droga no Popular Nova
SAÚDE
Saúde começa segunda fase de distribuição de vacinas contra a Covid-19
ECONOMIA
Apostador de Fortaleza acerta os seis números sorteados na Mega-Sena
TEMPO
Neste domingo Corumbá tem temperatura mínima de 23°C e máxima de 31°C