Menu
quarta, 27 de janeiro de 2021
Senar MS
Andorinha Fevereiro
Geral

Pai é suspeito de cobrar R$ 200 para deixar filha ser estuprada

09 maio 2018 - 10h08Midiamax

Três homens, de 40, 56 e 58 anos, foram presos em flagrante nesta terça-feira (1º) no bairro Dom Antônio Barbosa, em Campo Grande, pelo estupro de uma menina de 11 anos. Entre os presos está o pai da criança, que admitiu ter recebido R$ 200 para ‘deixar’ a garota com os estupradores.

A polícia foi chamada por uma testemunha, que estranhou o fato de a criança estar frequentando a casa dos autores desde segunda-feira (30). Quando os militares chegaram, escutaram gritos de socorro dentro da residência.

Um dos policiais pulou o muro e arrombou a porta, quando a menina correu em sua direção. Um dos homens foi flagrado sem camisa e com a calça desabotoada.

De acordo com informações da Polícia Civil, a menina contou aos policiais que os homens estavam passando a mão nela, mas um dos autores negou e disse que ela estaria gritando por socorro quando brincava com um animal.

Confusão

Moradores se aglomeraram em frente à casa na tentativa de linchar os suspeitos. Como a Polícia Militar impediu o linchamento, a população passou, então, a arremessar pedras e paus contra os militares.

Diante da insistência dos vizinhos em ameaçar invadir a casa e linchar os autores, eles mas foram contidos com três disparos para o chão feitos pelos policiais. Os militares conseguiram dispersar a multidão, que gritava ‘Jack’, apelido para estupradores na cadeia, e concluiu as prisões em flagrante.

O pai da menina foi encontrado em outra casa na região, trabalhando como pedreiro. Aos policiais, ele contou que teria deixado a filha na casa dos suspeitos e admitiu que teria recebido da dupla R$ 200 para ‘comprar mistura’.

À polícia, o pai afirmou que essa não foi a primeira vez que ele deixava a menina com os homens. Mas foi a primeira vez que recebeu dinheiro para permitir que a filha ficasse com os homens. Ele contou à polícia que não tinha conhecimento do que acontecia na casa e que havia deixado a filha aos cuidados de um dos autores para trabalhar.

A defesa de um acusados afirmou à reportagem que ele não sabia o que acontecia e não tinha praticado nenhum crime contra a menina.

Histórico

Um dos homens presos nesta terça (1º) acusado pelo estupro já seria inclusive conhecido na região como ‘Jack’ por abusar de crianças. O trio está preso na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE ILEGAL
ANTT emite nota a pedido do MPF e diz que operação da Buser é ilegal e passível de penalização
PROMOÇÃO DE PASSAGENS
Andorinha disponibiliza passagens promocionais a R$59,90
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Povo das Águas atende ribeirinhos da região do Taquari a partir do dia 30
CONSUMIDOR
Anatel divulga balanço de reclamações em 2020
EDUCAÇÃO
IFMS divulga lista de inscritos para cursos de idiomas em andamento
Candidatos com a inscrição homologada deverão fazer testes de nivelamento de Espanhol, Inglês e Libras. Provas online serão aplicadas entre 1º e 9 de fevereiro
COVID-19
Mato Grosso do Sul registra 582 novos casos de Covid e 9 óbitos
COVID-19
Mais de 1200 pessoas já foram vacinadas contra a Covid-19 em Corumbá
CULTURA
Prefeitura disponibiliza, na quinta-feira, espetáculo "Conectados" na internet
GERAL
MS participa da 3ª edição de maratona mundial de criação de games
ECONOMIA
Nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje

Mais Lidas

DENÚNCIA
Funcionários demitidos do hospital não recebem rescisão trabalhista
ECONOMIA
Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas
CHUVA FORTE
Temporal em Corumbá causa queda de árvores e alagamentos
MORTE POR COVID-19
Cinco dias após morte do marido, ex-primeira-dama de Dourados não resiste à Covid-19