Menu
domingo, 03 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Padrasto é preso por estupro de enteadas de 8 e 9 anos em MS

06 setembro 2018 - 07h54Campo Grande News

Um homem de 28 anos foi preso nesta quarta-feira (5) por estupro de duas enteadas de 8 e 9 anos, em Coxim, a 260 km de Campo Grande. O suspeito vivia com a mãe das crianças há cinco anos.

Além dos quatro filhos do primeiro relacionamento, a mãe de 27 anos teve outras duas crianças com o suspeito ao longo dos cinco anos juntos.

Conforme o Edição MS, no último sábado (1ª), enquanto a mulher levava o filho mais novo, um bebê de 3 meses, ao Hospital Regional Álvaro Fontoura, o suspeito estuprou a menina de 9 anos. Antes do abuso, o homem pediu que a enteada de 8 anos fosse até à casa de uma tia pegar um dinheiro emprestado e tirou as outras crianças do quarto.

Depois do crime, a vítima de 9 anos chegou a enviar uma mensagem do celular do suspeito dizendo: Oi, mãe. O fato causou estranheza, pois o suspeito não deixava ninguém pegar o aparelho.

Assim que chegou do hospital, a mulher se esqueceu de questionar a filha sobre a mensagem, mas recebeu uma ligação da tia e decidiu conversar com a menina. Neste intervalo, o suspeito saiu de casa dizendo que iria pescar e que dormiria no rio.

Durante a conversa, a menina contou que o padrasto “tinha mexido com ela”. Segundo a mãe, a filha contou todos os detalhes, causando indignação à família. Imediatamente, a mulher denunciou o marido, que foi preso nesta quarta-feira.

O caso foi levado à DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), com acompanhamento do Conselho Tutelar. Durante a denúncia, a filha de 8 anos também revelou que sofreu abusos. As duas meninas foram submetidas a exames que confirmaram os estupros. Uma equipe de psicólogos acompanham as vítimas.

A família nunca desconfiou do suspeito, pois as meninas não têm corpos que despertam interesse sexual. “Ele era muito rígido, tinha muito ciúmes das meninas, mas também tinha de mim”, falou a mãe.

Somente este ano, o Conselho Tutelar registrou 18 casos de estupros contra crianças e adolescentes em Coxim. Em 2017 foram 22 registros, também no Conselho Tutelar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia D
Municípios de MS participam de mobilização nacional em combate à Dengue
Ecoa Pantanal
Relatório alerta sobre o efeito cumulativo das barragens no Pantanal
Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em obras
Seilog garante que travesseia na ponte do rio Paraguai é segura
10 horas no trajeto
Criança é resgatada no Pantanal com miçanga no nariz
Em 5 cidades
Classificados para 3ª fase do Voucher Desenvolvedor participam de vivência no Senac
Campanha Nacional
Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito
Atrasado
MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni
Aposta
Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado
Destaque
Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

Mais Lidas

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Em ônibus fretado
Três bolivianos são flagrados com 3,1 kg de cocaína nos calçados
Devido a obra
Travessia de caminhões cegonha na ponte do rio Paraguai ocorre com horários programados