Menu
sexta, 22 de janeiro de 2021
Andorinha Janeiro/Fevereiro
Andorinha Janeiro/Fevereiro Mobile
Geral

Padrasto é preso por estupro de enteadas de 8 e 9 anos em MS

06 setembro 2018 - 07h54Campo Grande News

Um homem de 28 anos foi preso nesta quarta-feira (5) por estupro de duas enteadas de 8 e 9 anos, em Coxim, a 260 km de Campo Grande. O suspeito vivia com a mãe das crianças há cinco anos.

Além dos quatro filhos do primeiro relacionamento, a mãe de 27 anos teve outras duas crianças com o suspeito ao longo dos cinco anos juntos.

Conforme o Edição MS, no último sábado (1ª), enquanto a mulher levava o filho mais novo, um bebê de 3 meses, ao Hospital Regional Álvaro Fontoura, o suspeito estuprou a menina de 9 anos. Antes do abuso, o homem pediu que a enteada de 8 anos fosse até à casa de uma tia pegar um dinheiro emprestado e tirou as outras crianças do quarto.

Depois do crime, a vítima de 9 anos chegou a enviar uma mensagem do celular do suspeito dizendo: Oi, mãe. O fato causou estranheza, pois o suspeito não deixava ninguém pegar o aparelho.

Assim que chegou do hospital, a mulher se esqueceu de questionar a filha sobre a mensagem, mas recebeu uma ligação da tia e decidiu conversar com a menina. Neste intervalo, o suspeito saiu de casa dizendo que iria pescar e que dormiria no rio.

Durante a conversa, a menina contou que o padrasto “tinha mexido com ela”. Segundo a mãe, a filha contou todos os detalhes, causando indignação à família. Imediatamente, a mulher denunciou o marido, que foi preso nesta quarta-feira.

O caso foi levado à DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), com acompanhamento do Conselho Tutelar. Durante a denúncia, a filha de 8 anos também revelou que sofreu abusos. As duas meninas foram submetidas a exames que confirmaram os estupros. Uma equipe de psicólogos acompanham as vítimas.

A família nunca desconfiou do suspeito, pois as meninas não têm corpos que despertam interesse sexual. “Ele era muito rígido, tinha muito ciúmes das meninas, mas também tinha de mim”, falou a mãe.

Somente este ano, o Conselho Tutelar registrou 18 casos de estupros contra crianças e adolescentes em Coxim. Em 2017 foram 22 registros, também no Conselho Tutelar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: Índia vai exportar doses de vacina para Brasil nesta sexta
POLICIAL
PMA autua em R$ 2 mil criminoso que cortou cachorro com facão para que parasse de latir
GERAL
Serviços de coleta de lixo doméstico; coleta seletiva e cata galhos têm cronograma de atendimento
Finanças
Governo do MS repassou R$ 3,3 bilhões aos 79 municípios em 2020
GERAL
Deixar animal solto na rua gera multa; recolhimento pode ser solicitado via telefone
GERAL
Termina amanhã prazo para confirmação de matrículas de alunos novos com deficiência
GERAL
Terminam amanhã inscrições para processo seletivo do Sebrae para PCD
Geral
Após fortes ventos árvore cai em frente a Cinco Bacia
GERAL
Bombeiros realizam extinção de incêndio por vazamento de gás no Popular Velha
OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Senai de Corumbá está com vagas abertas para cinco cursos técnicos presenciais e EAD
GERAL
Índios guatós comemoram chegada de internet em aldeia no Pantanal
GERAL
Desconto em cursos do Senac Corumbá vai até o dia 31 de janeiro
MEIO AMBIENTE
Serviço Geológico do Brasil divulga prognóstico para cheia na bacia do rio Paraguai