Menu
sábado, 24 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

Pacto pela valorização do policial civil é assinado por Odilon

29 setembro 2018 - 08h04assessoria de imprensa

O candidato ao governo do Estado pelo PDT, juiz Odilon de Oliveira, recebeu em seu escritório os membros da diretoria recém-eleita do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol-MS). O encontro realizado na tarde desta sexta-feira, 28, véspera da celebração do Dia do Policial Civil, serviu para a assinatura do “Pacto de Valorização” da categoria.

O pedetista aproveitou a oportunidade para reiterar seu respeito aos servidores estaduais e fez questão de ser signatário da carta de compromisso dividida em três eixos: política de incentivo e recuperação salarial; política de modernização da Polícia Civil e o fim de desvio de função na Instituição.

“Apresentaremos à categoria os candidatos que estão comprometidos com a valorização do policial civil porque é isso que precisamos. A segurança pública, hoje, é falida. Nós temos vários problemas a serem discutidos e precisamos colocar um governo do Estado que valorize o policial civil. Acreditamos que o juiz Odilon, firmando esse pacto, será um excelente governador”, afirmou Giancarlo Miranda, presidente do Sinpol.

“Nós colocamos para o candidato juiz Odilon os pleitos principais dos principais civis. O principal é salário, depois estrutura e fim do desvio de função da instituição. Ele se diz favorável aos nossos pleitos, firmou esse pacto de valorização do policial civil, que é muito importante”, observou Giancarlo.

Dentre os compromissos assinados por Odilon está o de fazer com que, até o final de seu governo – caso seja eleito -, o salário inicial das carreiras de investigador, escrivão, perito papiloscopista e de agente de polícia científica seja de, no mínimo 40% do subsídio que é pago aos iniciantes da carreira de delegado. A categoria também passará a receber 20% referentes ao adicional de fronteira.

Odilon aproveitou o encontro para transmitir a toda categoria o seu respeito e admiração que tem pelos trabalhadores da segurança pública. “Quero parabenizá-los, não só por serem policiais, mas por serem heróis nacionais. Quando barram a entrada de cocaína, maconha e arma, vocês trabalham não só para Mato Grosso do Sul, mas para todo o Brasil”, disse o pedetista.

O representante da categoria detalhou ainda as condições de trabalho  e o cenário do setor em todo o Estado. “Há a falta de planejamento em segurança pública, em médio e longo. Trabalhamos sempre com remendos. Falta de viaturas, de armamentos, de coletes. Aí o governo faz todo um alarde para dizer que está investindo em segurança pública. Quando, na verdade, vem as viaturas, mas não vão para todas as delegacias. Vem o armamento, mas nem todos os policiais têm armamento. Vem os coletes, mas nem todos os policiais têm o colete. Nós precisamos de planejamento, de uma política que não seja essa política de publicidade.Mas, uma política de valorizar o ser humano e dar o atendimento necessário que a população de Mato Grosso do Sul”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Bombeiros
Incêndio urbano atinge vegetação em morraria com difícil acesso
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19
Decisão Popular
Servidores optaram por receber o 13° salário de forma integral em dezembro
Previsão
Sancionada LDO que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
Esperança
Taxa de contágio da Covid se mantém abaixo de 0,90 há uma semana em MS
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Tempo
Final de semana continua com alerta para tempo seco em Mato Grosso do Sul
Facilidade
Saúde credencia laboratório e exames podem ser agendados na própria unidade de saúde

Mais Lidas

Sem contrato
Santa Casa de Corumbá perde serviço de Urologia
Investigação
Caso Maria Stella Coimbra: jovem teria fotografado documento do suposto estuprador
Acidente
Motociclista fratura clavícula após perder controle em lombada
Município
Decreto prorroga por mais 14 dias medidas para diminuir contaminação pela Covid-19