Menu
segunda, 25 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Operação cumpre mandados contra esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres de Maracaju

22 setembro 2021 - 10h42Redação

Na manhã desta quarta-feira (22), a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, por meio do DRACCO (Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado), cumpriu seis mandados de prisão temporária, 26 mandados de busca e apreensão e ainda, promoveu o bloqueio de bens, dentre outras medidas cautelares determinadas pela Justiça. Um mandado de prisão temporária ficou em aberto, sendo o investigado considerado foragido. 

As ações policiais desta fase das investigações miram servidores públicos que atuaram no alto escalão do executivo municipal de Maracaju entre 2019 e 2020, bem como, empresários e empresas com envolvimento no esquema que desviou mais de 23 milhões dos cofres públicos do município. 

Equipes do DRACCO, com o suporte técnico do LAB-LD (Laboratório de Lavagem de Dinheiro), unidade especializada do Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado, constataram que foi criada uma conta bancária de fachada, paralela à oficial e não declarada aos órgãos de controle interno e externo do município, por onde foram promovidos mais de 150 repasses de verbas públicas em menos de um ano. 

A partir de negócios jurídicos dissimulados, integrantes do alto escalão da prefeitura emitiram mais de 600 folhas de cheques, que totalizaram mais de 23 milhões de reais, a empresas, sem qualquer lastro jurídico para amparar os pagamentos. 

Muitas das empresas beneficiárias dos valores não mantinham relação jurídica com a prefeitura (licitação, contrato ou meio legal que amparasse a transação financeira). Além disso, não havia emissão de notas fiscais e os valores não eram submetidos a empenho de despesas, operações legais que devem ser observadas pelos entes públicos. 

Diante da gravidade dos fatos, foram requeridas ao Judiciário de Maracaju várias medidas cautelares como mandados de prisão temporária contra servidores públicos e particulares, busca e apreensão em empresas, bloqueio de bens e outras, todas cumpridas na presente data pela PCMS, após parecer favorável do Ministério Público e decisão do Poder Judiciário da Comarca de Maracaju. 

Mandados foram cumpridos nas cidades de Campo Grande, Corumbá, Ponta Porã e Maracaju.Mandados foram cumpridos nas cidades de Corumbá, Campo Grande, Ponta Porã e Maracaju. Foto: Divulgação

Ação conjunta

Sob coordenação do DRACCO, que preside o inquérito policial participaram da Operação Dark Money policiais civis de várias Unidades da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul como: DPI (DP's Paraíso das Águas, Naviraí, Nova Andradina, Nova Alvorada, Corumbá, Ponta Porã, Nova Alvorada do Sul, Itaporã, Rio Brilhante, mundo novo e Maracaju...), Departamento de Polícia da Capital (GOI, 1°, 2° e 3° DP), Departamento de Polícia Especializada  (Derf e Defurv) , Departamento de Inteligência da PCMS é uma equipe da PCPR - GRupo de Diligências Especiais - GDE da Polícia Civil de Umuarama PR após constatação de deslocamento de um dos alvos para o Estado do Paraná que acabou localizado e preso em um hotel naquela cidade. 

As ações de Polícia Judiciária Civil foram realizadas no Município de Maracaju, Corumbá, Ponta Porã e Campo Grande e envolveram 60 policiais civis do estado do MS e ainda na cidade de Umuarama através de uma equipe da PCPR.  

A expressão Dark Money, atribuída à Operação do DRACCO, é uma alusão à natureza do dinheiro fruto da corrupção sistêmica que atinge setores públicos e perpetrada por seus gestores. 

Denúncia 

Qualquer informação que possa levar à recuperação dos ativos desviados bem como à identificação de outros envolvidos no esquema criminoso podem ser direcionados ao DRACCO por meio das redes sociais, do e-mail [email protected] ou por seu telefone (67) 3323-6900. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Aviso
Bombeiros disponibilizam telefone fixo devido problemas técnicos na linha 193
Imunização
Veja quem pode se vacinar contra Covid em Corumbá nos próximos dias
Acidente
Rapaz sofre fraturas após ser atropelado na saída da quermesse em Ladário
R$ 350 mil
Bia Cavassa entrega duas viaturas semiblindadas à PRF
Transtornos
Quase 1 milhão de raios atingiram MS neste fim de semana
Procurados
Membros do PCC presos na fronteira com MS são entregues à polícia brasileira
Eldorado
Tempestade derruba fios elétricos e 51 animais morrem eletrocutados em fazenda
Até 4 de Novembro
IFMS segue com inscrições abertas para cursos subsequentes e Proeja
Mundo Novo
Jovem é preso por disparos e porte ilegal de arma de grosso calibre
Meio Ambiente
Semana do Lixo Zero com coleta de vidros e entrega de medicamentos vencidos começa hoje em Corumbá

Mais Lidas

Causa não definida
Motorista de ônibus fretado com 42 passageiros perde o controle e colide na mureta da ponte
Dom Bosco
Homem baleado pede socorro em escola, mas não resiste e morre
Desdobramento
Embarcação que naufragou e fez sete vítimas no rio Paraguai não era de transporte turístico
Boletim Epidemiológico
MS volta a registrar mortes por Covid-19