Menu
segunda, 17 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Operação Ágata gera prejuízo maior que R$ 1,7 milhões ao crime organizado

29 julho 2022 - 08h00Redação

Entre os dias 18 e 28 de julho, a 18ª Brigada de Infantaria de Pantanal realizou a Operação Ágata em prevenção e repressão aos crimes transfronteiriços e ambientais na faixa de fronteira, com foco na região do Pantanal de Mato Grosso do Sul. A operação foi coordenada pelo Comando Militar Oeste.  

A Operação Ágata integra o Plano Estratégico de Fronteiras do Governo Federal, criado para prevenir e reprimir a ação de criminosos na divisa do Brasil. A atuação das Forças Armadas, na faixa de fronteira, em situação de normalidade, está amparada pela Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, atualizada pela Lei Complementar nº 117, de 2 de setembro de 2004, e pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010.  

Cerca de 822 quilômetros de fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia foram fiscalizados. Foto: Divulgaçaão

A 18ª Brigada de Infantaria de Pantanal foi responsável por cobrir cerca de 822 quilômetros de fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia. Durante a operação, a brigada contou com tropas do 17º Batalhão de Fronteira, 18ª Companhia de Comunicações, 18º Pelotão de Polícia do Exército, todos de Corumbá-MS; da 2ª Companhia de Fronteira, de Porto Murtinho-MS; do 47º Batalhão de Infantaria, de Coxim-MS; além da cooperação do 6º Distrito Naval, de Ladário-MS, e dos Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização. 

Foram mais de 760 militares do Exército que, diuturnamente, realizaram o patrulhamento na faixa de fronteira, terrestre e fluvial, Posto de Bloqueio e Controle de Estradas, abordagens e revista de pessoas, veículos, composições ferroviárias e embarcações. 

A presença de militares e de integrantes dos órgãos de segurança pública e de fiscalização é diária na faixa de fronteira. Durante a operação, houve uma intensificação de ações preventivas e repressivas que resultaram em mais de R$ 1,7 milhões em prejuízo ao crime organizado, devido às apreensões de drogas, armas, contrabando, descaminho, dentre outros. 

Estradas cabriteiras utilizadas pelo tráfico também foram ocupadas pelos militares. Foto: Divulgação

Visando o apoio as pessoas menos favorecidas, uma Ação Cívico-Social foi realizada em Porto Murtinho-MS, foram mais de 320 atendimentos de atendimentos médicos e odontológicos, corte de cabelo gratuito, trocas de curativos, distribuição de medicamentos e orientações sobre prevenção e tratamento de doenças infecciosas e desnutrição infantil, que beneficiaram à população local. 

O Exército Brasileiro, por meio da 18ª Brigada de Infantaria de Pantanal, reafirma a sua missão constitucional e permanece de prontidão na extensa faixa de fronteira brasileira realizando os patrulhamentos necessários para coibir as diversas atividades ilícitas e, assim, contribuir para a garantia da ordem e do bem-estar social.  

 

 

* Informações da Assessoria de Imprensa do Exército Brasileiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sítio Pioval
Bombeiros resgatam família ribeirinha cercada pelo fogo
Provisório
Sanesul passa a atender na rua 15 de novembro a partir de segunda (17)
Geral
MEC aceita revogar portaria se professores de federais acabarem greve
Esporte
Atletas indígenas são destaque em Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul
Geral
Projeto de protocolo cardiológico de Mato Grosso do Sul é destaque no Conass
Geral
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Destaque
Boletim Epidemiológico: MS registra 11.550 casos confirmados de dengue
Geral
Com apoio do Governo, Expotrês apresenta novas tecnologias do agro e leva entretenimento ao público
Geral
No ar boletim Detran Mais Perto, Mais Eficiente da semana de 10 a 14 de junho
Clima
Corumbá amanhece com 25 graus
A máxima neste sábado pode chegar a 36 graus

Mais Lidas

Provisório
Sanesul passa a atender na rua 15 de novembro a partir de segunda (17)
Sítio Pioval
Bombeiros resgatam família ribeirinha cercada pelo fogo
Geral
Diálogo avança e 122 servidores do Detran de MS são promovidos por antiguidade
Esporte
Atletas indígenas são destaque em Jogos Escolares da Juventude de Mato Grosso do Sul