Menu
segunda, 18 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Operação Ágata apreende arma e drogas no Pantanal

28 setembro 2018 - 16h01Sylma Lima

No período de 25 a 28 de setembro, o Comando Militar do Oeste, o Comando do6° Distrito Naval, os Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização (OSPF), tais como Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Receita Federal e Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, realizaram a operação ÁGATA PANTANAL V, na faixa de fronteira oeste.

A Operação ÁGATA, coordenada pelo Ministério da Defesa, consiste em uma Operação Conjunta das Forças Armadas, com apoio dos OSPF federais e estaduais, visando intensificar a presença do Estado nas regiões da faixa de fronteira e fortalecer a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão aos delitos transfronteiriços, tais como o tráfico de pessoas, drogas, armas e munições, bem como os crimes ambientais.

A Marinha do Brasil empregou o Navio Transporte Fluvial “Paraguassu”, aeronave do 4o Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral, militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário-MS e Capitania Fluvial do Pantanal. O Exército Brasileiro atuou com militares das Unidades da 18a Brigada de Infantaria de Fronteira (Corumbá, Coxim, Porto Murtinho), dos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF) e com meios especiais recebidos do Comando Militar do Oeste, como helicópteros. No total, foram mobilizados cerca de 700 militares.

Além desses meios, houve a presença de cães farejadores e a imprescindível integração e colaboração dos OSPF, por meio de agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal do Brasil e de policiais militares do Estado do Mato Grosso do Sul, que atuaram sinergicamente com os militares das Forças Armadas.

Durante a Operação ÁGATA foram realizadas operações preventivas e repressivas pontuais, tais como patrulhamentos terrestres e fluviais; estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas e de vias fluviais; revista em veículos e em embarcações e intensificação da fiscalização de produtos controlados. Todas as ações foram pautadas no trabalho integrado de inteligência e no rigoroso respeito aos diplomas legais nacionais.

No decorrer da Operação não houve nenhum tipo de incidentes com os militares e agentes envolvidos. Como resultados tangíveis ocorreu a prisão de um paraguaio por tráfico internacional de arma e apreensão de pasta base de cocaína. Além das fiscalizações, foram realizadas ações cívicos sociais pela Marinha do Brasil e pelo Exército, como atendimento médico, distribuição de livros e revistas e exposição de materiais das duas Forças.

A Operação ÁGATA PANTANAL V ocorre devido à plena integração e comprometimento, provenientes da união de esforços entre as Forças Armadas e os OSPF no combate aos delitos transfronteiriços e no fortalecimento da presença do Estado brasileiro na fronteira oeste, contribuindo para promover a segurança da nossa população.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
PF de MS recebe 23 viaturas e recebe 29 novos policiais federais
GERAL
Concursos da PM e CBM possuem novos cronogramas de atividades
COVID-19
MS registra quase 151 mil casos confirmados de coronavírus e 2,7 mil óbitos pela doença
VACINA COVID-19
Vacinas chegam em MS nesta segunda e campanha deve ter início às 16 horas
POLICIAL
Policiais detém dois homens após briga no bairro Aeroporto
EDUCAÇÃO
REME abre Pré-Matrícula Digital para alunos novos; veja calendário
ECONOMIA
Auxílio emergencial: Caixa libera saque para nascidos em agosto
GERAL
Bombeiros atendem solicitação de suposto desaparecimentos de pessoas em fazenda
GERAL
Bombeiros resgatam vaca que caiu em poço artesiano de 8 metros no Assentamento Taquaral
COLISÃO
Batida de carro e moto no Popular Nova deixa motociclista com ferimento graves

Mais Lidas

ENEM
Confira as medidas de segurança durante a prova do Enem