Menu
sexta, 22 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Onze mil militares participam do mutirão contra o Aedes aegypti em MS

13 fevereiro 2016 - 13h36Gilmar Lisboa
Um mutirão envolvendo 11 mil militares das Forças Armadas será realizado neste sábado (13) em 16 cidades de Mato Grosso do Sul com vistas a combater focos do mosquito Aedes aegypti. O mosquito é transmissor de doenças como a dengue, chikungunya e zika vírus. O trabalho faz parte do Dia D nacional de combate ao Aedes. Em Campo Grande, os trabalhos serão deflagrados peloministro dos esportes, George Hilton. As cidades de MS que contarão com mutirões envolvendo os militares foram escolhidas conforme a incidência do Aedes. São elas: Amambai, Aquidauana, Bela Vista, Campo Grande, distrito de Coimbra, Corumbá, Coxim, Dourados, Jaraguari, Jardim, Ladário, Miranda, Nioaque, Ponta Porã, Porto Murtinho e Três Lagoas. No país, as atividades de combate ao mosquito vão reunir, neste sábado, 220 mil militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. A meta é que os militares visitem três milhões de residências, distribuídas em 356 municípios do território nacional. Na primeira etapa da campanha, iniciada em 29 de janeiro, as Forças Armadas realizaram um mutirão de limpeza em 1.200 unidades militares espalhadas pelo país. Essa fase se encerrou nesta quinta-feira.  

Próximos passos

Conforme o Ministério da Defesa, ainda estão previstas duas etapas da campanha de combate ao Aedes. Entre os dias 15 e 18 de fevereiro, 50 mil militares, sob a coordenação do Ministério da Saúde, farão visitas nas residências, acompanhados por agentes de saúde, para inspecionar possíveis focos de proliferação, orientando os moradores e, se for o caso, fazendo aplicação de larvicida em criadouros. A última etapa, ainda em fase de elaboração com o Ministério da Educação, prevê visitas a escolas. A meta é reforçar o trabalho de conscientização das crianças e adolescentes sobre como evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Trânsito
Vereador pede informações ao DNIT, sobre radares na rodovia BR 262
Tráfico de Drogas
Operação conjunta apreende mais de 5 toneladas de maconha em Ponta Porã
Dado Positivo
MS é um dos quatro estados sem registro de mortes por Covid-19 nos últimos dias
Preço Mais Justo
Agepan estuda viabilidade para reduzir taxa de abastecimento de água e esgoto em MS
Denúncia
Vereador quer saber se empresas estão cumprindo cotas para pessoas com deficiência
Serviço
Projeto de Lei propõe desconto por dia de interrupção de serviços de telefonia e internet
Retomada
TRE-MS retoma trabalho presencial no dia 3 de novembro
Imunização
Ribeiros do Taquari recebem vacina contra Covid nos dias 26 e 27
Prisão
Evadido é capturado em rondas no bairro Dom Bosco
Relatório Parcial
Operação de prevenção à incêndios completa sete meses com mais R$ 33 milhões em multas

Mais Lidas

Corumbá
Casal é levado para delegacia após bebedeira e briga
Colônia do Bracinho
Pantaneiro denuncia construção de barragem no Rio Taquari
Dois brasileiros foram presos
Denunciado por participação no roubo de aeronaves em Aquidauana é preso na Bolívia
Recurso
Vereador questiona uso do duodécimo do legislativo repassado para Santa Casa em 2020