Menu
sábado, 02 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Odilon parte para o ataque no segundo turno com coligações e apelo popular

08 outubro 2018 - 08h05Sylma Lima

Desde a primeira entrevista do juiz Odilon candidato ao governo do estado de Mato Grosso do  Sul disse que vinha enfrentando a campanha do ‘milhão contra o tostão’. Apesar de poucos recursos Odilon conseguiu polarizar a candidatura em todo estado, e com Junior Mochi , MDB, crescendo , conseguiu a distribuição de votos dando a oportunidade do estado ter o segundo turno, com mais tempo na televisão e mais debates de ideias e propostas.

Segundo Odilon, “ a legislação eleitoral do Brasil precisa de uma modificação porque ela protege, ampara, beneficia políticos que tem dinheiro, quem não tem dinheiro, não consegue se auto financiar. Mas o processo eleitoral na pratica, a meu ver, ocorreu bem” .

Sobre a reforma política ele foi incisivo, “ sou a favor da redução e uma redução muito grande, sou a favor de uma cota para mulheres não só para candidaturas, mas de vagas”

Quantos a coligações partidárias ele deixou claro que vai pedir apoio de todos os partidos e principalmente, “ dos eleitores”.

Sobre as acusações sofridas no primeiro turno ele falou que o fato de entrar na politica não o magoou, “a gente tem que entrar exatamente para fazer com que a politica seja um instrumento de transformação e construção do bem estar das pessoas, acusações falsas magoa qualquer pessoa que tem honra, então, na verdade eu fui falsamente acusado e essas pessoas que me acusaram irão responder na justiça, de acordo com a lei”.

Reinaldo Azambuja do PSDB obteve 571.337 votos, seguido do juiz com 405.606 votos. A diferença não foi o que esperavam, e o juiz disse que ‘está tranquilo’ para o combate que vai iniciar unindo-se com aliados fortes e propostas da mudança. Durante coletiva no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) em Campo Grande ele atendeu gentilmente toda a imprensa e comemorou o resultado das urnas. Neste domingo mesmo Odilon já manteve conversações com a nova senadora de MS Soraya Tronick que sinalizou favoravelmente, mas disse que ‘consultaria o partido’.

O fato é que no segundo turno, todo apoio é importante e disso depende a vitória dos candidatos. Partindo da premissa que política é a arte de  ‘ciscar para dentro’, quem aglutinar mais formadores de opiniões, e souber usar as mídias sociais , leva a eleição, pois pesquisas recentes apontam que os candidatos que obtiveram mais votos foram os que gastaram menos, ‘mas souberam usar as redes sociais’.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia D
Municípios de MS participam de mobilização nacional em combate à Dengue
Ecoa Pantanal
Relatório alerta sobre o efeito cumulativo das barragens no Pantanal
Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em obras
Seilog garante que travesseia na ponte do rio Paraguai é segura
10 horas no trajeto
Criança é resgatada no Pantanal com miçanga no nariz
Em 5 cidades
Classificados para 3ª fase do Voucher Desenvolvedor participam de vivência no Senac
Campanha Nacional
Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito
Atrasado
MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni
Aposta
Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado
Destaque
Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

Mais Lidas

Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Devido a obra
Travessia de caminhões cegonha na ponte do rio Paraguai ocorre com horários programados
Em ônibus fretado
Três bolivianos são flagrados com 3,1 kg de cocaína nos calçados