Menu
sexta, 21 de junho de 2024
Câmara - Queimadas 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Novo modelo de fiscalização de mercadorias em trânsito deve ser implantada até o final do ano

24 outubro 2022 - 10h09Assessoria

Uma nova forma de fiscalização de mercadorias em trânsito vai agilizar o processo em Mato Grosso do Sul e simplificar a vida do empresário. Uma PoC, que é uma Prova de Conceito, deve ser implantada até o fim deste ano. “Há uma exigência do próprio governo de que tenhamos uma fiscalização que impacte o mínimo possível na logística e na vida do empresariado”, afirmou o diretor vice-presidente do Sindicato dos Fiscais Tributários de Mato Grosso do Sul — Sindifiscal/MS, Rubens França. 

O novo formato dispensará a parada em postos fiscais dos veículos que estejam com cargas regulares. Os fiscais farão o controle com base no processamento dos documentos eletrônicos e por meio de câmeras. “Com o uso da tecnologia conseguimos rastrear os veículos e direcionar para o posto fiscal aquele veículo que efetivamente precisa passar por alguma verificação”, resume. 

Conforme França, esse novo formato deve garantir uma redução de pelo menos 80% das paradas dos veículos nos postos fiscais. As vantagens listadas pelo fiscal tributário são a redução do tempo de transporte, o que pode impactar no valor do produto, a redução do tempo de entrega da mercadoria e a melhoria no tráfego e segurança nas estradas, uma vez que diminui a formação de filas de caminhões e a formação de comboios.

Esse sistema será implementado gradativamente. A começar pela metodologia que já está sendo testada, seguida por um projeto piloto a ser implantado até o fim do ano e por fim a expansão do modelo para todo o Estado até meados de 2023. “Já começamos a testar essa metodologia em 1º de agosto de 2022 e 80% dos veículos que passam no posto fiscal tem um tempo de permanência inferior a um minuto”, explica. 

Um corredor de passagem será testado na BR-163, com a automatização de dois postos fiscais: o de Sonora, entrada norte do estado, até o posto fiscal Ilha Grande, em Mundo Novo. “Esses dois postos automatizados farão uma triagem com um conjunto de equipamento de câmeras de leitura do tipo OCR, leitura de placa e painéis eletrônicos, painéis de mensagens variáveis, que vai dar orientação para os motoristas. A BR-163 vai se tornar um grande corredor, ele entra sem parar e sai sem parar. E o inverso também é verdadeiro, com um corredor de mão dupla onde o motorista não vai precisar parar nos postos fiscais”, garantiu.

Esse novo modelo de fiscalização de mercadorias em trânsito mitiga o impacto na vida do contribuinte “sem abrir mão da importância de se assegurar o mercado local”, frisou o vice-presidente. “Somos um Estado com um modelo geográfico, uma matriz econômica diferenciada, e acaba que a fiscalização auxilia inclusive na proteção do mercado local.  Então queremos acreditar que até o meio do ano que vem esse modelo estará plenamente implantado em Mato Grosso do Sul”, afirmou França.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Orientação
Fumaça provocada pelas queimadas no Pantanal exige cuidados extras com a saúde
Flagrante
Dupla é presa com quase 4 kg de maconha em ônibus que seguia para Capital
IBGE
Empresas formadas apenas por sócios e proprietários eram maioria e pagavam menores salários em 2022
Reunião
Brigada Voluntária define plano de ação em caso de incêndio na Apa Baía Negra
Tradição
Banho de São João começa hoje com Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago
Frota
Saúde de Corumbá ganha reforço com nova ambulância UTI Móvel
Oportunidade
Senai e Governo de MS lançam edital de R$ 10 milhões para iniciativas de bioeconomia na indústria
Utilidade Pública
Paço Municipal terá atendimento ao público em horário diferenciado na segunda-feira, dia 24
Cidadania
Programa Povo das Águas atende ribeirinhos do Taquari a partir deste domingo
Operação
Grupo Técnico inicia trabalho de resgate à animais atingidos pelo fogo no Pantanal

Mais Lidas

Cultura Pantaneira
Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago abre Banho de São João nesta sexta (21)
Paredão de fogo
Equipes atuam em cinco frentes de combate ao fogo no Pantanal
Em Dourados
Justiça do Trabalho de MS determina redução de jornada para trabalhador acompanhar filho com TEA
O caso é de Dourados e a redução da jornada de trabalho é de 50%, sem compensação de horas ou perda salarial para o trabalhador
Assistência
Abertas as inscrições para Casamento Civil Comunitário 2024 em Corumbá