Menu
segunda, 27 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Nova vacina contra Covid-19 é recomendada para quem tomou bivalente há mais 6 meses

15 maio 2024 - 10h51Gesiane S. Lourenço

A 1ª remessa da vacina Monovalente XBB da Moderna contra a Covid-19 foi recebida por Mato Grosso do Sul, por meio da SES (Secretaria de Estado de Saúde), na segunda-feira (13). De acordo com a SES, os imunizantes enviados pelo Ministério da Saúde estão na coordenadoria de Imunização e  ainda durante esta semana os municípios poderão solicitar, dentro do quantitativo especificado, a liberação de doses para a retirada.

Conforme a coordenadora de Imunização da SES, Ana Paula Goldfinger, a vacina monovalente XBB vem para ser ofertada para toda a população a partir de 6 meses de idade.

“A vacina é indicada para a imunização ativa e prevenção da Covid-19 para crianças a partir de 6 meses de idade e adultos. A recomendação é que para as pessoas que já tenham tomado a bivalente contra a Covid-19 há mais de 6 meses, que procurem uma unidade de saúde e recebam uma dose de reforço com essa vacina monovalente da Moderna, com a cepa atualizada XBB. Por isso, busque a unidade de saúde e vejam qual é a recomendação para cada pessoa de modo individual”, explica Goldfinger.

Aqueles com maior risco de desenvolver formas graves da doença, independentemente do número de doses aplicadas anteriormente, também podem se vacinar.

Para quem ainda não se vacinou

  • De 6 meses a 5 anos de idade: duas doses da vacina XBB, com intervalo de quatro semanas entre elas;
  • A partir de 5 anos de idade: dose única da vacina XBB;
  • Imunocomprometidos a partir de 5 anos de idade: três doses da vacina XBB, com intervalo de quatro semanas entre cada uma;

Doses de reforço para grupos prioritários

  • Idosos a partir de 60 anos;
  • Imunocomprometidos a partir de 5 anos;
  • Gestantes e puérperas;
  • Pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores;
  • Indígenas vivendo em terra indígena;
  • Ribeirinhos;
  • Quilombolas;
  • Trabalhadores da Saúde;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas privadas de liberdade (≥ 18 anos);
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade;
  • Adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas; e
  • Pessoas em situação de rua.

Pessoas que pertencem aos grupos prioritários receberão uma dose de reforço anual da vacina XBB, com um intervalo mínimo de três meses da última dose.

Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui para seguir o Canal do Capital do Pantanal.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Deputado Luiz Ovando destina recursos para atender a APAE de Corumbá
Geral
Prefeitura de Corumbá terá ponto facultativo na sexta-feira, 31 de maio
Tempo
Segunda-feira de frio em Corumbá
Corumbá amanhece com 14 graus nesta segunda
Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital