Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Nova suspeita de H1N1 aguarda confirmação no Hospital de Corumbá

29 março 2016 - 14h45Gesiane Medeiros
Homem de 43 anos deu entrada na última quinta-feira (24) no Hospital Municipal de Corumbá, apresentando sintomas da Gripe Influenza H1N1. Segundo informações da secretaria de saúde o material foi coletado e enviado para Campo Grande e o resultado deve sair ainda esta semana. Viviane Ametlla, gerente de Vigilância em Saúde do município, esclareceu que o paciente apresentava quadro de febre alta, dor no corpo e dificuldade para respirar. “O paciente foi examinado e os médicos identificaram a necessidade de solicitar a coleta do material e internar o paciente para um acompanhamento mais de perto”, explica a gerente. Viviane lembra ainda que apesar das 44 notificações que a cidade teve, apenas um caso foi confirmado, o mesmo que gerou a morte de um policial aposentado em janeiro deste ano. “A preocupação aumenta porque o período de chuva já iniciou e outros estados do país, como São Paulo, também estão com grande número de casos, por isso estamos aguardando uma resposta positiva do Ministério da Saúde para antecipar o dia ‘D’ de vacinação contra a gripe”, explica Viviane. Em Corumbá o dia 'D' da vacinação está marcado para o dia 7 de maio. Sobre a possibilidade de antecipação da campanha de vacinação na cidade, a secretária de saúde Dinanci Ranzi, afirma que até o momento ainda não receberam nenhuma resposta do ministério da saúde. “Enviamos documento no dia 15 de fevereiro, com apoio do Ministério Público, solicitando a antecipação dos lotes de vacina, mas não tivemos nenhuma resposta manifestando essa antecipação”, afirma a secretária. Dinanci ressalta ainda que as ações de combate e conscientização a Gripe H1N1 continuam de forma intensiva, "trabalhamos com orientação a população, intensificamos nossas ações nas unidades de saúde e capacitamos todos os profissionais agentes comunitários e também de endemias, além de mantermos o monitoramento diário das notificações”. Segundo boletim da secretaria estadual de Saúde, de 17 de março, MS apresenta 60 notificações da doença, sendo Corumbá com o maior número, um total de 44, do qual um já foi confirmado, único no estado. No ano de 2015 foram sete casos confirmados, entre H1N1, influenza A H3, influenza A não subtipado e Influenza B. Cuidados básicos contra H1N1 - Higienizar as mãos com frequência - Utilizar lenço descartável para higiene nasal - Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir - Higienizar as mãos após tossir ou espirrar - Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca - Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal - Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social - Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração - Evitar visitas a hospitais - Ventilar os ambientes.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade