Menu
segunda, 26 de julho de 2021
Expresso Mato Grosso - Junho
Expresso Mato Grosso - Promoção de Junho
Geral

No Dia de Combate ao Câncer, SES orienta população sobre prevenção da doença

27 novembro 2020 - 10h30Portal de Notícias do Governo de MS

Como nesta sexta-feira (27)  é o Dia Nacional de Combate ao Câncer, a Secretaria de Estado de Saúde orienta a população sobre a importância da prevenção da doença, evitando fatores de risco e também da importância do diagnóstico precoce.

A estimativa do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) é de que 9,9 mil pessoas foram diagnosticadas com câncer em Mato Grosso do Sul em 2020, sendo 4.970 casos novos de câncer para os homens e 4.950 casos novos para as mulheres. Em Campo Grande foram 3 mil casos, sendo 1.600 em homens e 1.400 em mulheres.

O câncer é responsável por mais de 12% de todas as causas de óbito no mundo e mais de 7 milhões de pessoas morrem anualmente da doença. Como a expectativa de vida no planeta tem melhorado gradativamente, a incidência de câncer estimada pela OMS até 2030 será cerca de 27 milhões de novas incidências da doença e cerca de 17 milhões de óbitos.

A gerente técnica do Registro de Câncer, Glaucia da Silva Nunes, explica que os principais fatores de risco que precisam ser evitados e que podem aumentar o risco de desenvolvimento da neoplasia são: exposição ao sol e a agentes tóxicos por período prolongado de tempo, poluição, medicamentos, raios UV, álcool, tabagismo, obesidade, sedentarismo e infecção, podem ser encontrados no ambiente físico, ser herdados, ou representar comportamentos ou costumes próprios de um determinado ambiente social e cultural. Os fatores de risco podem ser evitados através da adoção de um estilo de vida saudável.

“A detecção de lesões pré-cancerígenas ou do câncer quando ainda localizado no órgão de origem, sem invasão de tecidos vizinhos ou outras estruturas, pois são maiores as chances de cura, da sobrevida e a qualidade de vida do paciente, além de mais favoráveis a relação efetividade/custo e alertar sobre os fatores de risco que devem ser evitados que causam câncer”, explicou a gerente técnica do Registro de Câncer Glaucia da Silva Nunes.

Em Mato Grosso do Sul, o câncer de próstata é o mais comum entre os homens, sendo 88,3% dos casos identificados, seguidos do câncer de Cólon e reto, com 19,2%, traqueia brônquio e pulmão, 19,7% e estomago com 14,6%.  Nas mulheres, o câncer de mama representa 61% dos casos identificados, cólon e reto com 19,53%, colo do útero com 19,54% e traqueia, brônquio e pulmão com 12,94%.

Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, que invadem tecidos e órgãos. Dividindo-se rapidamente, estas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores, que podem espalhar-se para outras regiões do corpo. Outras características que diferenciam os diversos tipos de câncer entre si são a velocidade de multiplicação das células e a capacidade de invadir tecidos e órgãos vizinhos ou distantes, conhecida como metástase.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Quem pode se vacinar nesta segunda (26)
Operação Hefesto
Incêndio atinge linha férrea sobre o Rio Paraguai
Economia
Prefeitura reúne meios de hospedagem para sensibilização turística e uso do QR Code 
Plantão
Incêndio atinge aterro sanitário de Corumbá
Suspeito
Governo prorroga contrato com empresa investigada por pagar propina a filho de Reinaldo
Tráfico de Drogas
Mala com 14 quilos de pasta base é encontrada na rodoviária de Corumbá
Pedrada
Briga de família termina com mãe ferida e filho preso
Polícia Militar
Homem denuncia filho foragido
Alerta Infectologista
Vacinados contra Covid-19 devem aguardar 48 horas para ingerir bebida alcoólica
Oportunidade
Inscrições para estágio na Justiça Federal terminam nesta terça (27)

Mais Lidas

Seguiriam para Bolívia
Dois veículos que seriam atravessados para Bolívia são recuperados
Imunização
Sábado tem vacinação contra Covid até 12h no drive do Poliesportivo
Cidade Tranquila
Operação conjunta combate crimes fronteiriços em Corumbá e Ladário
Mais tempo
Exame toxicológico na emissão de CNH tem prazo ampliado para utilização do laudo