Menu
sábado, 20 de abril de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Mulher que matou marido era traficante e polícia afasta versão de legítima defesa

22 junho 2020 - 16h30Top Midia News

Flávia Santos da Costa, 27 anos, que matou o marido Wilson da Silva dos Reis, 40 anos, com cinco facadas, no dia 13 de junho, no Buriti, em Campo Grande, era traficante de drogas e usava tornozeleira eletrônica. Ela disse que atacou a vítima porque apanhava, mas a polícia desconfia da versão, por causa da quantidade de golpes dados na vítima.

 

Em depoimento, Flávia disse que vivia um relacionamento conturbado, já que Wilson lhe agredia por causa de ciúmes e da gravidez, da qual ele era contra e forçava um aborto.

 

No dia do crime, Flávia contou que os dois fizeram um churrasco em casa e que, em dado momento, Wilson lhe puxou pelos cabelos e a arrastou para dentro de casa. Na sequência, disse que levou socos no nariz e para se defender pegou uma faca de açougueiro e o atacou.

Ainda segundo o depoimento, Flávia disse não se lembrar de quantos golpes deu, fato que levou a polícia a desconfiar da versão de legítima defesa, já que foram seis facadas, sendo cinco no abdômen e uma nas costas, conforme a perícia. 

A vítima correu para fora de casa, onde caiu. A suspeita pelo crime tentou estancar o sangramento de Wilson e gritou por socorro. Uma vizinha confirmou essa versão da vítima. 

A Polícia Militar ficou no local do crime e foi presa em flagrante. No entanto, no dia 15 deste mês foi solta pela Justiça pelo fato de estar grávida e com ferimento no nariz. Flávia já tem um filho de 12 anos, que mora com a mãe dela. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

2ª edição
Conferência Municipal discute propostas para consolidação do Sistema Único de Saúde
Operação Esculápio
Prefeitura diz que não foi informada sobre ação da PF
Corumbá
Seis animais foram resgatados e um homem foi conduzido por maus-tratos na Operação Abril Laranja
Incentivo
Ônibus será gratuito no dia de Concurso Público
Entrevista
Sonia Guajajara defende maior participação indígena nas políticas públicas
"Leão, amigo das crianças"
Moinho Cultural lança campanha para doação via Imposto de Renda
Artigo
Mulheres indígenas e suas lutas para mudar a história
Mudanças
Rodovias federais terão pontos de descanso para motoristas
Economia
Rendimento domiciliar do brasileiro chegou a R$ 1.848 em 2023
Turismo
Bonito Convention realiza sua primeira assembleia presencial após pandemia

Mais Lidas

4ª convocação
Atleta corumbaense disputa Pan-Americano de Basquete Máster no México
Em ônibus
Cão farejador identifica mala abandonada com 25,5 Kg de pasta base de cocaína
Plantão
Moradores do Centro América acionam os Bombeiros para conter Pitbull agressivo
Destaque
Plano de Combate a incêndios prevê instalação de 13 bases avançadas no Pantanal