Menu
segunda, 22 de abril de 2024
Governo - Fazer Bem Feito - Abril 24
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

MS terá mais um dia de calor histórico acima dos 40°C

06 outubro 2020 - 08h21Mireli Obando, Governo

Os sul-mato-grossenses seguem na contagem regressiva para que a chuva chegue e amenize as condições extremas vivenciadas no Estado. Nesta segunda-feira (5) o município de Agua Clara bateu recordes históricos com 44,6°C registrados. Além de ser a maior temperatura ja registrada em Mato Grosso do Sul, o índice se iguala a maior temperatura ja registrada no Brasil nos últimos 57 anos, se igualando a Orleans em Santa Catarina em 6/1/1963, segundo o Climatempo. 

Campo Grande também superou os 40,8°C que haviam sido registrados no dia 30 de setembro deste ano, e neste inicio de semana atingiu a marca de 41°C no monitoramento do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Até quarta-feira (7) novo recorde poderá ser atingido na Capital com estimativa de 42°C. 

Enquanto as condições que vão fazer esse calor de ferver dar uma trégua não chegam,  a população busca formas de amenizar mais um dia de clima desértico marcado pela baixa umidade, elevada amplitude térmica e temperaturas extremas durante o dia. 

Para esta terça-feira (6) a expectativa de chuva é zero. Sem muitas nuvens e sol predominando, o céu fica claro em todas as regiões.

A umidade do ar cai bastante no decorrer do dia, especialmente durante à tarde. A variação está estimada em 50% a 10%, considerado estado de alerta com tendência a emergência pela Organização Mundial de Saúde (OMS). As regiões noroeste, norte, bolsão e central podem ter picos abaixo de 10%. A Defesa Civil orienta que é necessário ingerir bastante líquido, evitar exposição direta ao sol e redobrar atenção com idosos e crianças. 

Vento fraco a moderado em todas as regiões do Estado. As temperaturas previstas para o dia em Mato Grosso do Sul poderão variar entre de 22°C a 44°C. Para Corumbá a máxima prevista é de 42ºC e para Campo Grande 41°C.

Tendência de precipitação emitida pelo Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) indica chuva para o Estado entre os dias 11 e 18 de outubro. O volume será bastante baixo, de apenas 10 milímetros para o período, e elas devem ocorrer em forma de pancadas de chuva. A quantidade estimada não será suficiente para combater as queimadas no Pantanal, mas devem amenizar por alguns dias as condições extremas de calor e secura.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em táxi
Brasileiro é preso com 16 kg de maconha na fronteira
Expedição
"Juizados em Ação" suspende em navio da Marinha para atender comunidades indígenas
Obrigatório
Aposentados e pensionistas por invalidez têm até julho para perícia médica bianual
Segurança Pública
4ª Fase da Operação Mute avança com telamento de presídios em MS
Trânsito
Motorista atropela casal em moto e foge sem prestar socorro
Ministério Público
Empresa alega que "poeira de minério" tem causado morte de animais na zona rural de Corumbá
MPMS instaurou inquérito para apurar a denúncia apresentada por empresa proprietária de Fazenda na região de Maria Coelho
Campeonato
Torneio Centro-Oeste de Natação atrai 470 atletas para Campo Grande
Calendário
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 4
Em Jardim
Ação conjunta apreende 12 toneladas de maconha; a maior do ano
Plantão
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nas últimas 24 horas

Mais Lidas

Hoje
Visitante tenta entrar no presídio de Corumbá com cocaína escondida no chinelo
Expedição
"Juizados em Ação" suspende em navio da Marinha para atender comunidades indígenas
Obrigatório
Aposentados e pensionistas por invalidez têm até julho para perícia médica bianual
Segurança Pública
4ª Fase da Operação Mute avança com telamento de presídios em MS