Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

MS tem redução de homicídios, roubos e furtos nos 3 primeiros meses do ano

15 abril 2021 - 08h28Portal do Governo de MS

Com investimentos efetivos em segurança pública pelo governo do Estado, Mato Grosso do Sul teve redução de homicídios, roubos e furtos nos primeiros meses de 2021, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados mostram que a maioria dos crimes teve queda nos casos tanto na Capital, como no interior do Estado.

Segundo o levantamento feito pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), os casos de homicídio doloso diminuiu em 14,7%, de 109 no ano passado para 93 nestes três primeiros de 2021. Já as ocorrências de feminicídios reduziu de 8 para 7 (12,5%) e homicídio culposo no trânsito a queda foi ainda mais acentuada, de 68 para 45, o que representa um declínio de 33,8%.

O número de roubos também diminuiu de 1736 (ano passado) para 1.181 (neste ano), uma queda de 32%. Ao detalhar esta forma de crime, ainda teve uma redução de 33,9% nos roubos em vias urbanas e 33% no comércio. Houve um pequeno aumento de 3,1% nos roubos de veículos e 9,3% nas residências. Já aqueles que foram seguidos de morte subiu de 2 para 4 (100%).

Os furtos caíram neste primeiro trimestre de 8.812 para 7.763, o que representa uma queda de 11,9%. Os furtos de veículos também reduziram em 22,3% (898 para 698), assim como nas residências, de 2.379 no ano passado para 2.358 em 2021 (-0,9%).

“De uma forma geral tivemos uma redução do número de crimes em todo Estado. Os números falam por si e mostram que tivemos queda de homicídios, roubos e furtos, assim como feminicídios nestes três primeiros meses, comparado ao ano passado”, afirmou o delegado-geral da Polícia Civil, Adriano Garcia.

Ele ressaltou que os dados refletem o trabalho de qualidade feito pelas forças de segurança do Estado. “Os números mostram a eficiência da polícia. Esta atuação demonstra que Mato Grosso do Sul sem dúvida é um estado bom para se viver, investir, com a segurança pública sendo um dos destaques”, descreveu Garcia.

Municípios

Campo Grande também apresentou redução na maioria dos crimes, como nos roubos que a queda foi de 32,3%, de 1.060 no ano passado para 718 neste ano. Já nos roubos seguidos de morte a diminuição chega a 50%.  Nas vias urbanas a queda é de 32,5% e no comércio diminuiu em 45,8%. O aumento (roubo) foi nas ocorrências envolvendo veículos de 68 para 72 (5,9%) e nas residências, de 29 para 34 (17,2%).

Já no caso dos furtos, houve uma queda de 13,5% na Capital, de 3.965 para 3.431. As ocorrências com veículos caíram 23,6% neste quesito e nas residências houve um pequeno aumento de 4,9% de 978 em 2020 a 1026 neste ano. Os homicídios também subiram no município de 24 para 29 (20,8%), mas os feminicídios reduziram em 100% (2 para 0) e os homicídios culposos no trânsito caíram em 30,8%.

Os números no interior do Estado também seguem positivos em relação a criminalidade, com queda de 24,7% nos homicídios dolosos e 34,5% nos culposos no trânsito (55 para 36). Já os roubos de forma geral caíram em 31,5%, de 676 nos três primeiros meses de 2020 para 463 no mesmo período em 2021.

Os roubos nas vias urbanas das cidades interioranas caíram em 36,3% (502 para 320), já no comércio a queda foi de 21,8% (55 a 43). O aumento ficou para roubos nas residências que subiram de 46 para 48 (4,3%). Neste quesito, os roubos de veículos empataram em 61 casos. Já sobre os furtos a queda foi de 10,6% (4.847 para 4.332), chegando a cair em 20,1% nos furtos de veículos e 4,9% neste crime nas residências.

Apreensão de drogas

Com um trabalho efetivo e de destaque nacional, nestes três primeiros meses do ano Mato Grosso do Sul aumentou em 179% a quantidade de drogas apreendidas no Estado, comparado ao mesmo período de 2020.

Foram 136.176,1 quilos de drogas neste ano (janeiro a março), contra 48.817 no ano passado. Este aumento foi de 116% na Capital e 209% nas cidades do interior do Estado. A droga que teve maior crescimento de apreensão foi a maconha, chegando a 179%, de 47.956,7 (quilos) em 2020 para 133.629,3 (quilos) neste ano.

“Com estrutura, frota e armamento novos e modernos, os nossos policiais que estão na ponta ganharam condições para fazer frente a criminalidade, hoje somos recordistas nacionais em apreensões de drogas, além disso somos o Estado que mais esclarece homicídios no Brasil, com índice superior a 70%. Isso reflete em uma cidade segura e melhor para se viver”, descreveu o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

Investimentos

Para fortalecer e equipar as forças de segurança do Estado, o governador Reinaldo Azambuja entregou 127 viaturas em fevereiro para as Polícias Militar e Civil e ao Corpo de Bombeiros Militar e já anunciou que a expectativa é de 590 novos veículos até o final de 2021, para fortalecer o combate a criminalidade.

“Estes investimentos dão segurança ao bom policial para que possa desempenhar as suas funções. Isso é fundamental, fruto da economia da Secretaria de Justiça, do Fundo Estadual de Segurança, das emendas da bancada federal”, afirmou o governador.

Além dos investimentos estaduais, Mato Grosso do Sul já garantiu via Ministério da Justiça a liberação de mais de R$ 43,1 milhões para uso na segurança pública neste ano. Estes recursos são advindos do Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP), referentes a parcela de 2020. “São investimentos que vão modernizar e fortalecer a segurança pública em todos os municípios do Estado”, destacou Videira.

Entrega de viaturas em MS (Foto: Chico Ribeiro)

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
POLICIAL
Homem é preso por violência doméstica no Ceac
POLICIAL
PM prende homem por invasão de domicílio no Popular Nova
GERAL
Presidente da Cassems faz alerta sobre o crescente número de casos de Covid-19 em MS
POLICIAL
Menina de 11 anos com DST diz ter sido estuprada pelo avô
GERAL
Com nova deliberação do Prosseguir, Governo restringe atendimento presencial em alguns setores
CORONAVÍRUS
Saúde atende pedido da Assomasul e prorroga início da reclassificação de risco do Prosseguir

Mais Lidas

POLICIAL
Ação Policial entre as Polícias Civis de SP e do MS resultam na apreensão de 107 quilos de droga
CORONAVÍRUS
Detran-MS suspende atendimento presencial em 43 cidades com bandeira cinza
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados
TEMPO
Tempo contribui para clima agradável com sol e friozinho no dia dos namorados