Menu
sábado, 19 de junho de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

MS tem recorde na criação de empresas em outubro; comércio e serviços lideram

18 novembro 2020 - 09h43Redação

Mato Grosso do Sul abriu 766 novas empresas no mês de outubro, melhor resultado para o mês da série histórica iniciada em 2008, puxado pelos setores de comércio e serviços. Os dados são da Junta Comercial de Mato Grosso do Sul (Jucems) e confirmam uma leve tendência de recuperação da economia do Estado, mesmo atravessando uma pandemia.

O setor de serviços foi responsável por 62,7% dos novos negócios no mês de de outubro, com 481 empresas, em números absolutos. O comércio abriu 261 empresas, representando 34%, e a indústria totalizou 24 negócios, ou 3,13% do total de outubro.

"São números animadores para a nossa economia, que mostra que estamos seguindo uma tendência nacional nesta pandemia, do crescimento do empreendedorismo. Todo mundo teve que se adaptar a essa nova realidade e muitas pessoas optaram por abrir um negócio próprio, para melhorar a renda. Percebemos um número grande de lojas de vestuário, de transporte rodoviário de cargas e restaurantes, tudo isso impulsionado pela demanda do isolamento social, em que passamos a comprar mais de forma online, inclusive comida", afirma a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Daniela Dias.

Em Campo Grande estão localizadas 45,9% das empresas abertas em outubro, seguida por Dourados com 9,14% e Três Lagoas com 4,31%. O quarto município que mais abriu empresas foi Ponta Porã, com 24, e Naviraí aparece em quinto com 23 novos negócios abertos em outubro.

De janeiro a outubro deste ano, foram criadas 6.681 empresas no Estado, número 9,5% maior que o mesmo período de 2019, quando foram constituídos 6.098 novos negócios. Os números de outubro já superam também o resultado de 12 meses de 2018, quando foram constituídas 6.360 novas empresas.

Fechamento 

Em outubro de 2020 o Estado fechou 323 empresas, o resultado é 5% inferior ao mesmo período de 2019. O setor de serviços fechou 51,3% ou 166 negócios no mês, seguido pelo comércio com 44% ou 143 e a indústria com 4,3% ou 14 empresas.Com informações da Semagro.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Comissão rejeita proposta de inclusão de jornalistas, bancários e vigilantes em grupos prioritários
SAÚDE
SES autoriza municípios a vacinarem com a Pfizer adolescentes acima de 12 anos com comorbidades
POLICIAL
PRF apreende 450 mil maços de cigarro contrabandeados na Capital
GERAL
MPF aponta risco de desaparecimento de espécies no Rio Paraná
Rio Paraná Energia, empresa da holding China Three Gorges Corporation (CTG), é acusada de descumprir regras ambientais e levar à beira do desaparecimento peixes como Pintado e Dourado
SAÚDE
SES prepara distribuição das 70.160 doses de vacina contra a covid-19 em MS
GERAL
Fórum apresenta avanços do Plano Estratégico em MS
POLICIAL
PMA e Bombeiros resgatam ave em extinção ferida
GERAL
Contribuintes têm até o dia 3 de agosto aderir ao REFIS 2021
EDUCAÇÃO
Terminam hoje as inscrições do Encceja 2020 para privados de liberdade
GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal

Mais Lidas

GERAL
Homem fica ferido após queda de cavalo no Pantanal
GERAL
Bombeiros combatem incêndio em concessionária no Centro
POLICIAL
PM de Corumbá prende homem com mandado de prisão em aberto na área central
GERAL
Atenção ao prazo: licenciamento de veículos com placas 3 e 4 vence neste mês