Menu
domingo, 03 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

MS tem 11 casos confirmados de influenza e duas mortes registradas

19 abril 2018 - 10h46G1

Em 2018, Mato Grosso do Sul já tem 11 casos confirmados de infecções pelo vírus influenza e duas mortes. Os dados são do mais recente boletim epidemiológico divulgado pela secretaria estadual de Saúde, divulgado nesta quarta-feira (18).

De acordo com o boletim, são três casos pelo vírus A H1N1, sendo dois em Campo Grande e 1 em Jardim; seis por influenza A H3N2, todos na capital e ainda 2 pelo influenza B, também em Campo Grande.

As duas mortes, conforme o boletim, foram provocadas pelo H3N2. A primeira foi de uma mulher de 58 anos, que morreu em 17 de março, seis dias após apresentar os primeiros sintomas. A segunda foi de um homem de 40 anos, que faleceu no dia 18 de abril, no Hospital Universitário, dois dias após ser internado da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Leblon.

Além dos casos de influenza, a secretaria estadual de Saúde informou que este ano já foram registrados em Mato Grosso do Sul 124 casos de pessoas que ficaram internadas com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

A gripe é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. O maior gravidade da infecção pelo vírus influenza são as complicações como pneumonias, dificuldades respiratórias que podem levar à internação e até mesmo ao óbito.

Campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, em Mato Grosso do Sul, tem como público alvo imunizar 737.395 mil pessoas a partir do dia 23 de abril. A meta é vacinar pelo menos 90% do público alvo, o que representa 663.656 mil pessoas.

Segundo a SES, a campanha vai até o dia 1° de junho e no dia 12 de maio será realizado o dia de mobilização nacional, o Dia D. Para os demais grupos, a campanha estará disponível apenas no dia 21 de maio.

Fazem parte do público alvo: crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas, professores, profissionais da saúde, povos indígenas, indivíduos com 60 anos ou mais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independente da idade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dia D
Municípios de MS participam de mobilização nacional em combate à Dengue
Ecoa Pantanal
Relatório alerta sobre o efeito cumulativo das barragens no Pantanal
Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em obras
Seilog garante que travesseia na ponte do rio Paraguai é segura
10 horas no trajeto
Criança é resgatada no Pantanal com miçanga no nariz
Em 5 cidades
Classificados para 3ª fase do Voucher Desenvolvedor participam de vivência no Senac
Campanha Nacional
Dia D contra a dengue convoca população a eliminar focos do mosquito
Atrasado
MEC divulga resultado da segunda chamada do Prouni
Aposta
Mega-Sena pode pagar R$ 185 milhões neste sábado
Destaque
Sistema E-Crie de MS é avaliado pelo Ministério da Saúde para implementação em nível nacional

Mais Lidas

Plantão
Passageira sofre fratura exposta e é abandonada por motociclista
Em ônibus fretado
Três bolivianos são flagrados com 3,1 kg de cocaína nos calçados
Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio