Menu
sábado, 02 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

MS se mantém como o segundo do País com a menor taxa de desocupação

18 maio 2018 - 11h11Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Pelo segundo trimestre consecutivo, Mato Grosso do Sul desponta como o segundo Estado com o menor índice de desocupação do País, conforme dados do IBGE. Os números mostram a força dos pequenos negócios na economia regional e os esforços do Governo do Estado para manter a geração de emprego e renda.

Dados da Pesquisa por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) compilados pela equipe econômica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), mostram que entre janeiro e março de 2018 Mato Grosso do Sul apresentou taxa de desocupação de 8,4%, atrás apenas de Santa Catariana com 6,5%, e bem abaixo da taxa de desocupação brasileira, em 13,1%.

Se comparado ao mesmo trimestre em 2017, houve crescimento de pessoal ocupado nos setores de Comércio (9,2%), Transporte e Armazenagem (8,4%) e Agropecuária (8,0%). Mas o Comércio ainda é o que concentra o maior número de postos de trabalho com 257 mil pessoas ocupadas seguido pela Administração Pública com 215 mil pessoas ocupadas.

O secretário da Semagro, Jaime Verruck, afirma que o Estado ainda não teve uma recuperação da economia como era esperada, mas dentro do cenário econômico atual o resultado é extremamente positivo. “Tínhamos uma perspectiva de crescimento maior do que o que está acontecendo, então entendemos que está longe do processo real. E, para isso, o Estado tem feito um esforço brutal na questão de ambiente de negócios por que o grande gerador de postos de trabalho hoje é o setor privado”.

Conforme os números, os empregos formais gerados pelo setor privado são maioria e somam 457 mil, enquanto que no setor público são 174 mil. “A gente não pode deixar de ressaltar a importância do Comércio e dos Serviços, que são os grandes responsáveis pelos números, que representam o conjunto das micro e pequenas empresas no Estado”.

Além de formar ambientes de negócios para as pequenas empresas crescerem, o Governo do Estado tem adotado a estratégia que inclui buscar empresas que agreguem valor ao Estado, mantendo a política de incentivos fiscais, tal forma que consiga atrair e manter investimentos que possam gerar empregos de qualidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Imunização
Corumbá terá três postos de multivacinação neste sábado, 02 de março
Ranking
MS é destaque nacional na gestão de recursos federais e execução de projetos e convênios
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Campanha
Ladário expande vacinação contra dengue nas escolas da rede municipal
Evento
Corumbá sedia 3ª edição da Copa dos Campeões da Assomasul neste final de semana
Mudanças
Supremo derruba a regra sobre distribuição de sobras eleitorais em eleições proporcionais
Em processo
Reunião com novos diretores aborda habilitação de unidade de saúde exclusiva para presídios
Turismo ecológico
Encontro aborda aspectos da educação ambiental no turismo do Pantanal
Direito à saúde
DPU assegura que imigrantes sejam incluídos na fila de transplantes

Mais Lidas

10 vagas em MS
Inscrições estão abertas para concurso da Caixa com três vagas em Corumbá
Confirmado
Dupla sertaneja Henrique e Diego é a principal atração cultural do FIPEC 2024
Bombeiros
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nesta manhã em Corumbá
27 vagas
Inscrições para concurso de professores da UFMS seguem abertas até 7 de março