Menu
quinta, 15 de abril de 2021
Ambiental MS Pantanal - Aegea
MOBILE - Ambiental MS Pantanal - Aegea
Geral

MS se mantém como o segundo do País com a menor taxa de desocupação

18 maio 2018 - 11h11Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Pelo segundo trimestre consecutivo, Mato Grosso do Sul desponta como o segundo Estado com o menor índice de desocupação do País, conforme dados do IBGE. Os números mostram a força dos pequenos negócios na economia regional e os esforços do Governo do Estado para manter a geração de emprego e renda.

Dados da Pesquisa por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD) compilados pela equipe econômica da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), mostram que entre janeiro e março de 2018 Mato Grosso do Sul apresentou taxa de desocupação de 8,4%, atrás apenas de Santa Catariana com 6,5%, e bem abaixo da taxa de desocupação brasileira, em 13,1%.

Se comparado ao mesmo trimestre em 2017, houve crescimento de pessoal ocupado nos setores de Comércio (9,2%), Transporte e Armazenagem (8,4%) e Agropecuária (8,0%). Mas o Comércio ainda é o que concentra o maior número de postos de trabalho com 257 mil pessoas ocupadas seguido pela Administração Pública com 215 mil pessoas ocupadas.

O secretário da Semagro, Jaime Verruck, afirma que o Estado ainda não teve uma recuperação da economia como era esperada, mas dentro do cenário econômico atual o resultado é extremamente positivo. “Tínhamos uma perspectiva de crescimento maior do que o que está acontecendo, então entendemos que está longe do processo real. E, para isso, o Estado tem feito um esforço brutal na questão de ambiente de negócios por que o grande gerador de postos de trabalho hoje é o setor privado”.

Conforme os números, os empregos formais gerados pelo setor privado são maioria e somam 457 mil, enquanto que no setor público são 174 mil. “A gente não pode deixar de ressaltar a importância do Comércio e dos Serviços, que são os grandes responsáveis pelos números, que representam o conjunto das micro e pequenas empresas no Estado”.

Além de formar ambientes de negócios para as pequenas empresas crescerem, o Governo do Estado tem adotado a estratégia que inclui buscar empresas que agreguem valor ao Estado, mantendo a política de incentivos fiscais, tal forma que consiga atrair e manter investimentos que possam gerar empregos de qualidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Mudanças nas bandeiras do Prosseguir podem alterar atividades nos municípios de MS
GERAL
Câmara aprova inclusão de medidas protetivas de mulheres em banco de dados policial
VACINAÇÃO
Vereador solicita que trabalhadores de limpeza pública também sejam imunizados contra a Covid
PATRIMÔNIO HISTÓRICO
Na Câmara, vereador pede informações sobre restauração de prédios históricos
DETRAN
Detran lança e-book e hotsite com todas mudanças do Código de Trânsito Brasileiro
POLICIAL
PF prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 245kg de maconha em MS
CAPTURA DE ANIMAL
Jibóia é encontrada dentro da sala de residência em Corumbá
EDUCAÇÃO
Terminam hoje inscrições para o Sisu do primeiro semestre
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa jovem ferido no Dom Bosco
GERAL
Obras de acesso à ponte que interliga os pantanais da Nhecolândia e Paiaguás estão adiantadas

Mais Lidas

CAPTURA DE ANIMAL
Jibóia é encontrada dentro da sala de residência em Corumbá
POLICIAL
PF prende três pessoas por tráfico de drogas e apreende 245kg de maconha em MS
ACIDENTE DE TRÂNSITO
Colisão de carro e moto deixa jovem ferido no Dom Bosco
SAÚDE
Corumbá inicia imunização contra a Covid-19 da população ribeirinha do baixo Pantanal