Menu
sexta, 21 de junho de 2024
Governo - Detran MS
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

MS registra a abertura de quase 4,5 mil novas vagas formais de trabalho em agosto

03 outubro 2022 - 09h41Comunicação Governo Federal

Mato Grosso do Sul (MS) registrou, em agosto, a geração de 4.439 mil novos postos formais de trabalho. Os dados foram divulgados na última quinta-feira (29) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), criado como registro permanente de admissões e dispensa de empregados sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Com isso, o estoque de vagas formais em Mato Grosso do Sul superou, em agosto, 601 mil postos. O destaque do mês ficou por conta do setor de Serviços, que registrou 1.983 novos postos.

Somadas, as quatro Unidades da Federação que integram o Centro-Oeste -- Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal -- foram responsáveis pela geração de 21.515 novos postos.

Goiás foi o estado que mais criou empregos, com 7.587 novas vagas; seguido do Distrito Federal, onde foram gerados 5.346 postos. O Mato Grosso, com 4.143 empregos, completa a lista dos representantes do Centro-Oeste.

Segundo o Novo Caged, agosto foi marcado pela geração de 278.639 novos postos formais de trabalho no Brasil. Entre os estados, São Paulo lidera, tendo registrado 74.973 vagas. Todas as 27 Unidades da Federação registraram um saldo positivo na geração de empregos no oitavo mês de 2022.

Na sequência, seis estados fecharam agosto tendo criado mais de dez mil novos empregos, dois na Região Sudeste, dois no Nordeste e dois no Sul: Rio de Janeiro (30.838), Minas Gerais (27.381), Bahia (17.416), Pernambuco (15.119), Paraná (15.118) e Santa Catarina (10.223).

Em números absolutos, a Região Sudeste, com 137.759 vagas, foi a que mais gerou empregos em agosto. A Região Nordeste aparece em segundo lugar, com 66.009 postos, e, na sequência, estão o Sul (35.032), o Centro-Oeste (21.515) e a Região Norte (18.171).

Vale ressaltar que, do ponto de vista regional, o grande destaque de agosto foi a Região Nordeste, que apresentou um crescimento de quase um por cento (0,96%) da força de trabalho, o maior crescimento relativo entre as cinco regiões brasileiras.

Recorde absoluto

Com a geração dos mais de 278 mil novos postos, o país superou a marca de 42,5 milhões de empregos formais, o maior número já registrado no Novo Caged. Apenas entre janeiro e agosto deste ano, o saldo de empregos gerados alcança a marca de 1.853.298. Se forem considerados os últimos 12 meses, o total de novos postos formais abertos chega a 2.455.662.

Os dados de agosto demonstram, ainda, que somente no intervalo de julho de 2020 a agosto de 2022 -- considerado o período de retomada do emprego formal -- o país registrou um saldo positivo de 5.836.476 postos de trabalho.

O Caged serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho e, desta forma, subsidia a tomada de decisões para ações governamentais.

Setores da economia

O Novo Caged de agosto mostra, ainda, que a geração de empregos no país se deu em todos os cinco setores monitorados. O setor de Serviços liderou mais uma vez, tendo criado 141.113 postos, um crescimento de mais de 59 mil novos empregos em comparação aos dados de julho. Na sequência, aparecem os setores da Indústria (52.760 postos), Comércio (41.886), Construção Civil (35.156) e Agropecuária (7.724).

Considerando todos os oito primeiros meses deste ano, o setor da Construção Civil tem o desempenho mais destacado, com um crescimento de mais de dez por cento (10,8%) no estoque de empregos formais. Todos os demais setores têm saldo positivo no acumulado do ano, com os serviços chegando a 1.027.288 vagas geradas em 2022 e a indústria tendo aberto 319.379 novas vagas.

É importante ressaltar que pelo terceiro mês seguido o salário médio real de admissão apresentou crescimento, fruto do aquecimento do mercado de trabalho e do sucesso das políticas de controle da inflação.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Orientação
Fumaça provocada pelas queimadas no Pantanal exige cuidados extras com a saúde
Flagrante
Dupla é presa com quase 4 kg de maconha em ônibus que seguia para Capital
IBGE
Empresas formadas apenas por sócios e proprietários eram maioria e pagavam menores salários em 2022
Reunião
Brigada Voluntária define plano de ação em caso de incêndio na Apa Baía Negra
Tradição
Banho de São João começa hoje com Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago
Frota
Saúde de Corumbá ganha reforço com nova ambulância UTI Móvel
Oportunidade
Senai e Governo de MS lançam edital de R$ 10 milhões para iniciativas de bioeconomia na indústria
Utilidade Pública
Paço Municipal terá atendimento ao público em horário diferenciado na segunda-feira, dia 24
Cidadania
Programa Povo das Águas atende ribeirinhos do Taquari a partir deste domingo
Operação
Grupo Técnico inicia trabalho de resgate à animais atingidos pelo fogo no Pantanal

Mais Lidas

Cultura Pantaneira
Concurso de Andores e show de Thaeme e Thiago abre Banho de São João nesta sexta (21)
Paredão de fogo
Equipes atuam em cinco frentes de combate ao fogo no Pantanal
Em Dourados
Justiça do Trabalho de MS determina redução de jornada para trabalhador acompanhar filho com TEA
O caso é de Dourados e a redução da jornada de trabalho é de 50%, sem compensação de horas ou perda salarial para o trabalhador
Assistência
Abertas as inscrições para Casamento Civil Comunitário 2024 em Corumbá