Menu
segunda, 01 de março de 2021
Governo do Estado - Campanha de Março
Geral

MS já é o terceiro estado do país em casos de ferrugem asiática da soja

28 dezembro 2015 - 11h50G1
Entre os dias 13 e 27 de dezembro, Mato Grosso do Sul contabilizou cinco novos casos de ferrugem asiática em suas lavouras de soja, elevando para 12 o número de registros na safra 2015/2016, o que coloca o estado como o terceiro do país em número de focos nesta temporada. Os dados são do Consórcio Antiferrugem, parceria público-privada que atua no combate a doença. Segundo o consórcio, nos dias 13 e 25 foram descobertos focos em Aral Moreira e no dia 27 em Ponta Porã, Naviraí e Maracaju. O primeiro caso confirmado nesta safra ocorreu em Dourados, em uma planta de soja que cresceu voluntariamente (guaxa). A ocorrência foi informada ao consórcio no dia 2 de novembro e confirmada por exame do laboratório da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) no dia 5 de novembro. Depois foi descoberto um caso, também em soja voluntária, em Ponta Porã, no dia 11 de novembro,   e outro de soja guaxa, em Dourados, no dia 13 de novembro. Ainda em novembro, no dia 30, mas em lavouras comerciais, foram registradas duas ocorrências em Aral Moreira. Já em dezembro, o consórcio recebeu a informação de um caso em Amambai no dia 1º, em uma plantação comercial e no dia 9 em outra lavoura de Dourados. Dados do país Conforme o consórcio, já foram registrados na parcial desta temporada 159 casos de ferrugem asiática no país. Mato Grosso do Sul é o terceiro em número de registros. Fica atrás do Paraná, com 74 e do Rio Grande do Sul, com 49. O que é a ferrugem asiática De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a ferrugem é considerada uma das doenças mais severas que incidem na cultura e pode ocorrer em qualquer estádio fenológico da cultura. Plantas infectadas apresentam desfolha precoce, comprometendo a formação e o enchimento de vagens, reduzindo o peso final dos grãos. Nas diversas regiões geográficas onde a ferrugem asiática foi relatada em níveis epidêmicos, os danos variam de 10% a 90% da produção.        

Deixe seu Comentário

Leia Também

FISCALIZAÇÃO
Operação Preavenire cancela eventos e aborda mais de mil pessoas em Corumbá
BOLETIM COVID
MS atinge a marca de 3.330 mortes por coronavírus
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021: Campeão da Série B, Dourados bate Aquidauanense na estreia
POLICIAL
PRF recupera três veículos em caminhão cegonha no MS
POLICIAL
Motociclista sem habilitação desacata policiais e é algemado no Guaicurus
GERAL
Acessos ao Porto Geral fica fechado para evitar aglomerações e brigas
SAÚDE
Corumbá abre hoje vacinação para idosos a partir de 78 anos
POLICIAL
Motorista embriagado bate carro e desacata policiais no Centro
POLICIAL
PM prende homem foragido da justiça por falsa identidade no Centro
ESPORTE
Retorno do Programa Bolsa Atleta é solicitado na Câmara de Corumbá

Mais Lidas

EDUCAÇÃO
IFMS oferece vagas para portadores de diploma e transferências no Campus Corumbá
TRÂNSITO
Capotamento na BR-163 mata adolescente e deixa motorista em estado grave
GERAL
Complexo hospitalar de Corumbá está com 85% de sua estrutura pronta
PESCA
PMA lança e disponibiliza Cartilha do Pescador 2021 com todas regras de pesca