Menu
sexta, 14 de maio de 2021
Andorinha - Maio
Andorinha - Maio
Geral

MS inova no esporte com entrega de Bolsas inédita no Brasil

25 abril 2018 - 08h24Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

Nesta quarta-feira (25.4), a partir das 14h,  acontece a entrega dos benefícios Bolsa-atleta e Bolsa-técnico, na sala Germano de Barros, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo.

O Governo do Estado, junto à Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), é pioneiro ao lançar a Bolsa-técnico. Pela primeira vez no País, técnicos receberão benefício, para melhorar o desempenho nos campeonatos.

Preocupados com os desportistas sul-mato-grossenses, o governador Reinaldo Azambuja e o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, ampliaram a lei que beneficiava somente atletas de destaque nacional e estudantil, nesta nova lei, criada em 1º de junho de 2017, foi implementada a Bolsa-atleta Pódio, que beneficiará os atletas medalhistas nacionais e internacionais, e a Bolsa-técnico que contemplará os melhores técnicos do Estado.

Marcelo Miranda revela que outros estados estão buscando mais informações sobre essa nova lei criada no MS. “Essa foi uma grande evolução que nós fizemos, prestigiando os atletas e técnicos do nosso Estado, está sendo referência no Brasil todo, muitas vezes, o técnico se passa como um herói anônimo, e Mato Grosso do Sul sai na frente valorizando esse profissional que é fundamental na formação do atleta de alto nível”.

Os atletas das Bolsas Nacional e Pódio receberão o valor de R$ 800,00. A Bolsa-estudantil R$ 350,00, já a Bolsa-técnico será dividida em duas categorias o Bolsa-técnico escolar no valor de R$ 500,00 e a Bolsa-técnico nacional no valor de R$ 750,00.

Contemplado com o benefício do Bolsa-técnico, Marcelo da Silva Matos, técnico de Judô, revela que o esporte é movido por sonhos e missão e que este reconhecimento já é referência para o esporte nacional. “Mato Grosso do Sul é o primeiro a seguir o modelo das grandes potências mundiais. Costumo falar que os méritos são todos do atleta mais os créditos são dos técnicos. Inúmeras vezes tiramos dinheiro do bolso, deixamos a família para competir em outros lugares, sofremos pressão psicológica, e ver que o nosso trabalho será recompensado é muito gratificante”. Ele ainda ressalta que além de melhorar o rendimento da equipe, poder representar o Estado que ama faz toda a diferença.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Marinha do Brasil resgata jovem que caiu do cavalo na Fazenda São Francisco
CULTURA
Prefeitura abre edital para festeiros de São João registrarem suas trajetórias
MEIO AMBIENTE
IHP realiza plantio e manutenção de mudas na nascente do Rio Miranda
GERAL
Para prevenção aos focos de incêndio no Pantanal, IHP e Sindicato Rural alinham atuação
EDUCAÇÃO
Uniderp abre seleção para mestrado e doutorado em Odontologia
Candidatos podem escolher entre duas áreas de concentração
SEGURANÇA PÚBLICA
Vereadora reivindica aumento do efetivo de policiais civis e militares na região
ASSISTÊNCIA SOCIAL E CIDADANIA
Município reforça enfrentamentos às violações de direitos de crianças e adolescentes
GERAL
Consórcio Brasil Central autoriza assinatura de contrato para importação da vacina Sputnik V
VACINAÇÃO
Poliesportivo está aberto para repescagem e aplicação de segunda dose da vacina da Covid-19
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial

Mais Lidas

POLICIAL
PF prende quatro pessoas e apreende 180 kg de cocaína em MS
POLICIAL
PM apreende droga, plantas de maconha e prende autor de tráfico
POLICIAL
PM evita suicídio de homem, e o prende após violência doméstica
POLÍTICA
Iunes aceita convite do Podemos