Menu
segunda, 27 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

MS fecha 1.949 vagas em novembro, pior resultado para o mês em 10 anos

19 dezembro 2015 - 04h02G1
Mato Grosso do Sul fechou 1.949 vagas de emprego com carteira assinada no mês de novembro, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (18). O resultado é o pior para o mês em dez anos. Nesse período, as demissões superaram as contratações em novembro também nos anos de 2006 (-1.008 postos), 2008 (-1.689 postos), 2011 (-1.285 postos), 2013 (-72 postos) e 2014 (-1.202 postos). Os anos que tiveram saldo positivo no 11º mês foram 2007 (106 vagas), 2009 (2.150 vagas), 2010 (985 vagas) e 2012 (287 vagas). Comércio e administração pública foram os únicos setores de atividade econômica no estado que encerraram novembro de 2015 com resultado positivo, mesmo que pequeno: oito e um, respectivamente. O saldo de demissões foi maior que o de contratações na indústria de transformação (-824), serviços (-669), agropecuária (-228), construção civil (-177), extrativa mineral (-36) e serviços industriais de utilidade pública (-24). De janeiro a novembro de 2015, considerando a série ajustada, o estado registrou queda de 4.474 vagas de emprego formais. Nos últimos 12 meses, o saldo negativo totaliza 15.718. Municípios Três Lagoas, a 313 quilômetros de Campo Grande, registrou 114 empregos gerados em novembro e lidera o ranking dos municípios sul-mato-grossenses com mais de 30 mil habitantes, de acordo com o Caged. Na sequência, aparecem com saldo positivo Coxim (21), Ponta Porã (15) e Naviraí (1). Os municípios que registraram demissões foram Rio Brilhante (-5), Amambai (-19), Sidrolândia (-30), Aquidauana (-36), Maracaju (-56), Nova Andradina (-58), Corumbá (-128), Paranaíba (-251), Dourados (-287) e Campo Grande (-570).      

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Tempo
Sábado tem probabilidade de chuvas e baixas temperaturas em grande parte de MS
Corumbá marca 14ºC pela manhã com máxima de 16ºC