Menu
quinta, 25 de fevereiro de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

MPF/MS divulga na quarta,8 o 2º ranking dos sites da transparência de municípios e governo estadual

03 junho 2016 - 15h23Redação
O Ministério Público Federal (MPF), divulga na próxima quarta ,8, o 2º Ranking Nacional dos Portais da Transparência, elaborado a partir da avaliação dos 5.568 municípios e 26 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. A ação foi deflagrada pela necessidade de incentivar maior publicidade na Administração Pública e o controle social das receitas e despesas, prevenindo-se a prática de corrupção. Em Mato Grosso do Sul, a divulgação da pesquisa será realizada na sede do Ministério Público Federal, em Campo Grande, a partir das 14 horas. O Índice Nacional de Transparência, que é a média das notas dos 5.568 municípios avaliados em uma escala de 0 a 10, evoluiu de 3,91, em 2015, para 5,15, em 2016. A melhoria é atribuída pelo MPF às ações adotadas após o 1º ranking. Em dezembro do ano passado, foram expedidas mais de 5 mil recomendações, em todo o país, para que os gestores sanassem irregularidades nos respectivos portais da transparência. Já em MS, houve evolução nas notas alcançadas pelos municípios. Em 2015, os primeiros colocados no ranking alcançaram nota 7. Este ano, os melhores tiveram nota 9. Destaque para o site do governo estadual, que subiu diversas posições no ranking. Critérios A avaliação se baseou em questionário desenvolvido pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Enccla), que selecionou as principais exigências legais e os itens considerados “boas práticas de transparência”. O projeto fiscaliza o cumprimento das Leis Complementares nº 101/2000 e nº 131/2009 e da Lei Ordinária nº 12.527/2011 pelos gestores municipais e estaduais. A legislação obriga prefeitos, governadores e a própria Presidência da República a disponibilizar informações sobre quanto arrecadam e gastam. Na relação dos itens avaliados figuram receita e despesa nos últimos seis meses; ferramenta de pesquisa de conteúdo; endereços e telefones das respectivas unidades e horários de atendimento; íntegra dos editais de licitação e dos contratos firmados; relatório de gestão do ano anterior e possibilidade de pedidos de informação por meio eletrônico, assim como de acompanhamento da solicitação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de impostos em janeiro somou R$ 180,221 bilhões
SAÚDE
Processo seletivo que seleciona médicos plantonistas tem inscrições abertas
BOLETIM COVID
MS passa a registrar 3.270 óbitos por coronavírus
GERAL
Thronicke considera uma vitória aprovação de projeto que facilita compra de vacinas anti-Covid
GERAL
Na final do Brasileirão, GFI interdita Avenida General Rondon
ESPORTE
Flamengo visita São Paulo em busca de título do Brasileiro
GERAL
Homem é alvejado por disparos de arma de fogo na Codrasa
CAPACITAÇÃO
Cassems realiza curso para implantação de UTI em Corumbá
POLICIAL
Policia Federal cumpre mandados de busca e apreensão na Capital
GERAL
Vereador pede a criação de novas sedes do Conselho Tutelar de Corumbá

Mais Lidas

POLICIAL
Caminhão de fundo falso é apreendido com 600 kg de maconha
NA BR 262
Após fuga, carro roubado afunda em área alagada e condutor desaparece
EDUCAÇÃO
Aulas nas escolas da REME de Corumbá começam em 1° de março com atividades não presenciais
POLICIAL
PRF apreende carro roubado na BR 262 e motorista foge