Menu
quarta, 20 de janeiro de 2021
Andorinha - campanha dezembro
Andorinha - Dezembro
Geral

Motocicista perde a perna e morre após acidente em assentamento

02 abril 2018 - 08h52Kamilla Marques

Às 15h deste sábado (31), houve um acidente entre veículo e motocicleta no Assentamento Taquaral, a 15 km da área urbana de Corumbá, onde uma mulher perdeu a perna e, mais tarde, veio a falecer.

O Corpo de Bombeiros prestou os primeiros socorros a Tania Mara Souza Arce, motociclista de 32 anos que estava inconsciente e apresentava hemorragia interna, traumatismo craniano, fraturas na perna esquerda e a perna direita amputada. Ela foi transportada ao Pronto Socorro e faleceu minutos depois de dar entrada na unidade de emergência.

O condutor do veículo não sofreu ferimentos.

Segundo os Bombeiros, já é a quarta morte por acidente de trânsito em Corumbá.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal
SAÚDE
Vacinação contra a covid-19 já teve início em quase todo o país
CLIMA
Chuva forte e volumosa e temporais em SC, no PR, em MS e em SP
CULTURA
Sesc Corumbá abre inscrições para cursos de música, dança e pintura à distância
POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
COVID-19
MS ultrapassa a marca de 2,7 mil mortes e 152 mil casos confirmados de coronavírus
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Casa tem princípio de incêndio após vela de altar derreter
GERAL
Corpo de Bombeiro captura jacaré que estava andando na rua em Ladário

Mais Lidas

POLICIAL
Empresário de MS é preso durante Operação da Polícia Civil contra crime organizado
SAÚDE
Servidora há 30 anos, Vitória aplicou primeiras doses da vacina contra COVID-19 em Corumbá
PRIMEIROS IMUNIZADOS
Corumbá e Ladário já tem os primeiros imunizados contra a Covid-19
GERAL
Justiça do Trabalho leva sinal de internet para guatós que vivem isolados no Pantanal