Menu
domingo, 17 de outubro de 2021
Andorinha - Setembro e Outubro
Andorinha - Outubro e Novembro - MOBILE
Geral

Morre aos 65 anos Rosa Mavignier a corumbaense que Lançou o “ Lenço Solidário”

04 março 2016 - 13h50Sylma Lima
Hoje ás 03:35h faleceu em Campo Grande-MS, Rosa Mavignier, depois de uma batalha árdua contra o câncer. Segundo o advogado Alexandre Orro, filho de Rosa, que havia entrado com liminar na justiça de São Carlos pedindo a liberação de um medicamento conhecido como “fosfo”, única esperança de vida para Rosa, cujo diagnóstico de metástase, não deixava outra opção. Rosa se tornou símbolo na luta contra o câncer e ganhou reconhecimento nacional como militante atuante . Ela descobriu o câncer no útero há quatro anos e desde então vinha fazendo campanhas para ajudar as pessoas portadoras da doença.  Alexandre disse ao Capital do Pantanal que a justiça foi tarde para sua mãe, mas pode ajudar outras que estão na mesma luta pela liberação do medicamento, que ainda não foi autorizado para comercialização, “que a justiça seja menos burocrática e mais humana”, lamentou o advogado. O corpo de Rosa Mavignier foi liberado nesta manhã e neste momento os familiares estão tratando do translado para Corumbá, onde será velada na Capela Cristo Rei . Seu sepultamento será amanhã, sábado em horário a ser confirmado, devido a familiares de vários estados que estão chegando. Rosa internou ontem, quintaa-feira,03,  com água no pulmão e não resistiu devido ao estado debilitado que se encontrava. HomenagemNa sua luta para vencer o câncer Rosa com ajuda da família e amigos lançou a campanha  “ lenço solidário” assim que raspou a cabeça. O grupo ganhou força nas redes sociais e destaques em revistas de renome, pois, famílias de pessoas que sofriam com a doença viam em Rosa a força para lutar pela vida , e em resposta entraram na campanha. Hoje sua página nas redes sociais está repleta de depoimentos de pessoas que tiveram a honra e o privilégio de conviver com esta mulher que deixa como lembrança seu sorriso e sua garra, mesmo nos momentos mais dolorosos. Entre os depoimentos está o do prefeito Paulo Duarte, “ Triste com a notícia da passagem de uma mulher guerreira! Tive a grande honra de conhecer e acompanhar a luta de Rosa Mavignier. Ela, acima de tudo, se tornou um símbolo para [email protected] nós! Símbolo de perseverança, de esperança, de alegria e disposição! A sua luta se tornou a luta de todas as mulheres vítimas do câncer em todo o Brasil! Sempre que eu ver um lenço colorido me lembrarei com carinho e respeito de você Rosa! Aos entes queridos desejo força e paz no coração! “ .   Rosa teve quatro filhos: Andréia, Alexandre e Alberto Orro, do casamento com o médico Benedito Orro, e a filha Ana Paula, de outra união.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Inédito
Tempestade de areia: Energisa recebeu 4 mil chamados em Campo Grande
Dia Mundial da Alimentação
Em MS, 69% da população está com excesso de peso e 36% com obesidade
Ensino Superior
UEMS investe mais de R$ 13 milhões em bolsas e auxílios para estudantes
Transporte
Expresso Queiroz tem autorização suspensa por incapacidade de atender passageiro
Defesa Civil
Tempestade de poeira e vendaval causaram estragos em pelo menos sete nos municípios
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá
Previsão Meteorológica
Tempo continua fechado com chance de mais chuva para grande parte do Estado
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas

Mais Lidas

Tragédia
Médico do interior de SP é um dos sobreviventes de barco que naufragou; quatro parentes morreram
Tragédia
Naufrágio no rio Paraguai deixou sete pessoas desaparecidas
Atualizações
Dois dos corpos encontrados no rio Paraguai são identificados
Cidade em alerta
Ventos de 64 km/h destelharam 20 casas em Corumbá