Menu
quarta, 22 de maio de 2024
Câmara de Corumbá - Maio Laranja 2024
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Moradores jogam lixo desrespeitando o trabalho de limpeza urbana

22 abril 2016 - 15h39Sylma Lima
lixo 1O lixo é um grande problema no controle da dengue já que qualquer recipiente que acumule água, pode se transformar num criadouro para o mosquito. A prefeitura  por meio da Empresa de Coleta Residuos, vem fazendo a sua parte com a programação que consiste no serviço diário de coleta de lixo, bem como transporte de resíduos volumosos e de grande porte, conforme cronograma estabelecido pelas Secretarias responsáveis. Com isso, o Executivo Municipal quer manter as vias limpas e prevenindo, consequentemente, a proliferação de doenças. Todavia, todo o esforço do poder público em alcançar as metas estabelecidas para manter a cidade limpa e livre das endemias, está sendo colocado em risco pela própria incapacidade de parte da população em ofertar a sua parcela de contribuição no tocante à limpeza e a eliminação de acumuladores de água que são proliferadores das larvas do mosquito transmissor de inúmeras doenças. “Não precisa andar pela periferia da cidade para vermos casos de falta de consciência e responsabilidade para com o coletivo. No centro da cidade também encontramos exemplos deploráveis de ausência de respeito e cidadania”, como argumenta o senhor Armindo Alencar. Este. Complementa que as próprias pessoas estão transformando as vias públicas em depósitos de tudo o que não querem mais em suas casas e terrenos e despejam desde galhos, lixo orgânico, animais mortos, entulhos de construções, peças e moveis. Nesses casos, não devemos mais dizer que são atitudes de pessoas sem informação e conscientização, pois a mais de uma década a sociedade é alvo de inúmeras campanhas educativas acerca do tema. Estas, criadas e executadas pelos Ministérios da Educação, Saúde, pelos Governos Estaduais e as Instituições Municipais e a imprensa que realiza uma verdadeira “força tarefa” educativa. A falta do compromisso por parte de alguns, materializa-se a cada dia no aumento do número de pessoas infectadas e que desenvolvem a dengue, chikungunya, zika e o temido H1n1, causador de alguns óbitos em nosso Estado e Município. Em vias de regra, parte da população, acusa o poder público na hora em que os postos de saúde estão lotados a procura de atendimento. Mas, com verdade e justiça a população colhe aquilo que planta. Pois em muitos casos e localidades a Prefeitura limpa e o povo suja. Assim é importante estar sempre em alerta com a limpeza de suas casas, porém com o olhar na rua e na casa do vizinho. Acima de tudo denuncie aqueles que não demonstram respeito pela vida. lixo 2

Deixe seu Comentário

Leia Também

Infraestrutura
Interditada: ponte sobre o rio Paraguai recebe 3ª concretagem neste no fim de semana
Na madrugada
Homem é preso vendendo droga em beco do bairro Borrowski
Aeroporto
Vereador pede apoio do governador para volta de voos comerciais entre Corumbá e Campo Grande
Tráfico de Drogas
Mochila abandonada em ônibus é apreendida com 8,7 kg de Skunk
Plantão
Bombeiros registram quatro incêndios em terrenos baldios de Corumbá
Publicado
Concurso 2024: Prefeitura divulga resultado do TAF para cargo de Guarda Civil Municipal
Tempo
Quarta-feira tem previsão de tempo firme, com sol e variação de nebulosidade em MS
Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Destaque
Músico sul-mato-grossense é selecionado para intercâmbio na Orquestra Sinfônica Brasileira
Em pauta
Piso salarial e jornada de trabalho dos profissionais da enfermagem são discutidos na Câmara

Mais Lidas

Manifestação
Setor de transporte protesta por falta de combustível e ameaça fechar a fronteira
Agenda Cultural
Evento de som automotivo arrecada doações para RS e Instituto Novo Olhar
Na Câmara
Projeto de Lei Municipal torna laudos de TEA permanentes
Assistência Social
Caixa paga Bolsa Família a beneficiários com NIS de final 2