Menu
domingo, 25 de fevereiro de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Geral

Moradores da APA Baía Negra participam de evento pela recuperação da vegetação no Pantanal

28 novembro 2023 - 10h45Redação

A melhor maneira de se discutir a conservação do Pantanal bem como sua recuperação só poderia ser colocando os pés neste bioma. E foi assim mesmo que aconteceu o III Seminário de Intercâmbio entre Projetos de Recuperação da Vegetação em Unidades de Conservação no Pantanal, entre os dias 21 e 23 de novembro.  Às margens do rio Cuiabá, na Reserva Particular Patrimônio Natural Sesc Pantanal, em Poconé (MT), representantes de 7 projetos apoiados pelo GEF-Terrestre Pantanal estiveram reunidos, trocando experiências e mostrando os resultados das ações. André Luiz Siqueira, diretor da Ecoa e do projeto “Restauração Estratégica e Participativa no Pantanal: APA Baía Negra”, esteve no evento apresentando o trabalho que está sendo feito na região da Área de Proteção Ambiental Baía Negra, localizada no município de Ladário (MS).

André Siqueira, diretor da Ecoa, apresentou os resultados parciais do Projeto Restauração Estratégica e Participativa no Pantanal: APA Baía Negra. Foto; Divulgação/Ecoa

Junto com o diretor da Ecoa estavam também dois representantes da comunidade, Galdino e Naiara. Ela, de apenas 14 anos, falou sobre seu envolvimento no projeto e a preocupação com o futuro do Pantanal.  Para Naiara, ver os pais trabalhando no plantio de mudas é perceber que mais que cultivar a terra, eles estão plantando sonhos e cuidados com a região onde moram. Ao compartilhar suas vivências na APA Baía Negra para um público atento e que experimenta os mesmos desafios de degradação ambiental, os moradores do Pantanal reforçam o sentimento de pertencimento e de identificação com o lugar onde habitam. O comprometimento da comunidade da APA na iniciativa é um ponto forte das ações locais e Naiara tem participado voluntariamente desde o início. 

A jovem Naiara e Galdino da comunidade Área de Proteção Ambiental Baía Negra (MS), falaram sobre preocupação com o futuro do Bioma. Foto: Divulgação/Ecoa

O projeto “Restauração Estratégica e Participativa no Pantanal: APA Baía Negra” é uma iniciativa da Ecoa executado no âmbito da agência Global Environment Facility (GEF), com o apoio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO).  São parceiros os pesquisadores do Laboratório Ecologia da Intervenção da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (LEI/UFMS) e alunos dos cursos de graduação em Gestão Ambiental da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), sob orientação do professor Joelson Gonçalves Pereira.

* Informações da Ecoa Pantanal

Receba as notícias no seu Whatsapp. Clique aqui para seguir o Canal do Capital do Pantanal.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Contra a Dengue
Bairros de Ladário recebem força-tarefa de limpeza neste sábado (24)
Reitoria
Ainda sem eleição direta, UFMS escolhe novo reitor em maio
Hoje
Grupo Vozes Especiais realiza workshop no Moinho Cultural
Localizado e preso
Diretora impede entrada de homem armado com faca em creche no Guatós
Imunização
Confira horário de vacinação contra dengue em Corumbá e Ladário neste sábado
Seguia para Capital
Mulher é presa com 2,3 kg de maconha na BR 262
Planejamento
MPT propõe parceria estratégica para prevenir trabalho escravo contemporâneo em MS
Fiocruz
Especialistas alertam para aumento da taxa de suicídio entre crianças e jovens
Aposta
Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 110 milhões
Operação Ágata
Passageiro é flagrado transportando cocaína de Corumbá para Capital

Mais Lidas

Localizado e preso
Diretora impede entrada de homem armado com faca em creche no Guatós
Na entrada
Perícia estima que morte de homem encontrado em mata na cidade tenha ocorrido há 4 dias
Vindo do RJ
Boliviano de 21 anos é detido com 35 celulares sem nota fiscal
Últimas 24h
Plantão dos Bombeiros registra resgate no Pantanal, óbito e acidente de trânsito