Menu
domingo, 26 de maio de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Audiência na Câmara discute reduçaõ de preços no transporte intermunicipal

30 abril 2016 - 08h21Redação
Os vereadores da Câmara Municipal de Corumbá realizaram, na tarde de hoje, 29, uma audiência pública para discutir o monopólio da empresa Viação Andorinha no transporte intermunicipal, ligando Corumbá a outras cidades. A audiência, presidida pelo vereador Evander Vendramini, autor da proposta, teve como objetivo discutir propostas para diminuir o valor cobrado na passagem e também a possibilidade de abrir concorrência com novas empresas atuando na mesma região. "Em apenas três meses, a empresa em questão arrecada mais de um milhão de reais com um único veículo. É o negócio mais lucrativo do mundo, às custas da população corumbaense. É nosso dever, como vereador, agir em favor do povo e buscar meios de melhorar a vida dos cidadãos", argumentou o vereador Evander. Ainda de acordo com o vereador, o preço por quilômetro rodado no trecho de Corumbá a Campo Grande é de R$0,28 no convencional e R$0,33 no executivo. No trecho de Campo Grande a Cuiabá, a título de comparação, o quilômetro rodado custa R$0,16. Se esse valor fosse utilizado na viagem até a cidade pantaneira, o preço da passagem cairia para R$67,20, quase a metade dos R$115 praticados hoje."Nossa reivindicação não é apenas baixar o preço da passagem. Mesmo se eles aceitarem, ainda queremos mais empresas atuando na cidade. Assim, estabelecemos uma concorrência que regula o valor automaticamente", afirmou o presidente da Câmara, vereador Tadeu Vieira.   Agência reguladora A Agepan (Agencia Estadual de Serviços Públicos) compareceu ao evento e esclareceu que leva em consideração diversos fatores, como o número de passageiros, a capacidade de pagamento e a distância entre os pontos. De acordo com a representante do órgão, a técnica Iara Marchioretto, "o valor praticado é único para todo o Mato Grosso do Sul. O que muda é o número de assentos entre os quais são divididos o gasto da empresa, e também a quilometragem, que é dividida em trechos de até 200 quilômetros, entre 200 e 350 quilômetros e acima de 350 quilômetros. Além disso, a empresa pode realizar promoções, o que resultaria num preço menor". Também participou da audiência o deputado estadual Amarildo Cruz, que é vice-presidente da Comissão de Obras, Serviços Públicos e Transporte na Assembleia Legislativa, que propôs a redução da alíquota do ICMS para a empresa, desde que o desconto seja repassado ao consumidor.   Encaminhamentos Como resultado, foi acertada uma nova audiência pública, dessa vez na Assembleia Legislativa, com a presença do Ministério Público Estadual e do Governo do Estado, onde será feito um Termo de Ajustamento de Conduta para corrigir as irregularidades encontradas no cálculo e no transporte dos passageiros. A data da nova reunião ainda será agendada.    

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Relatório da ONU sobre o clima responsabiliza a humanidade por aumento de fenômenos extremos
Facilidade
Mais de R$ 1,8 milhão em taxas judiciárias já foram pagos via Pix
Variedades
Cassinos Online: Sorte e estratégia na era digital
Reitoria
Colégio Eleitoral da UFMS mantém Camila Ítavo em primeiro lugar na lista tríplice
Meio Ambiente
Juiz mantém proibido o desmate no Parque dos Poderes
Crime
Na delegacia, assassino "confesso" diz que conheceu corretora em aplicativo
Educação
UEMS e Fundect investem R$ 4 mi para fortalecer ensino superior em Mato Grosso do Sul
Em Maracaju
Estudantes do IFMS levam tecnologia a maior evento agro do Estado
Destaque
Dia da Indústria: Longen destaca força do setor industrial de Mato Grosso do Sul
Extrema magreza
Polícia resgata cães em situação de maus-tratos no Popular Nova

Mais Lidas

Tráfico de Drogas
Boliviana é presa com 12,7 kg de cocaína em botijão de gás transportado dentro de mala
Soldado Cidadão
Projeto da Marinha vai oferecer formação de condutores para recrutas em Ladário
Interdição
Ponte sobre o rio Paraguai fecha às 17 horas deste sábado; interdição deve durar 19 horas
Investigação
Polícia Civil prende homem acusado por furto de joias e celulares na cidade