Menu
sábado, 24 de fevereiro de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Geral

Ministro Marun cumpre extensa agenda de trabalho em Mato Grosso do Sul

07 abril 2018 - 08h07Assessoria de imprensa

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, participou na noite de ontem, quinta-feira (5), no Parque de Exposições Laucídio Coelho, da Abertura Oficial da EXPOGRANDE 2018, que comemora nesta edição, 80 anos de criação. Neste ato, o ministro representou o presidente da República, Michel Temer. Em sua fala, Marun enfatizou aos presentes sobre os números positivos do Governo Federal.

Já na manhã desta sexta-feira (6), o ministro Marun foi recebido na Governadoria pela vice-governadora Rose Modesto. Em pauta, assuntos relacionados ao andamento das tratativas sobre o Porto Seco – Aduana, do município de Ponta Porã, fronteira com o Paraguai. Logo após, o ministro se reuniu, na sede da Superintendência dos Correios, com o superintendente estadual de operações, Júlio César Gonzalez, acompanhado do gerente regional da Postal Saúde, José Maria de Oliveira Neto e equipe. Neste encontro, pleitearam o apoio junto ao Governo Federal para o fortalecimento da estrutura dos Correios em todo o Estado.

Ainda nos Correios, Marun recebeu o superintendente Estadual da Pesca, César Moura, que trouxe ao ministro, vários projetos ligados à piscicultura que estão sendo executados em todo o Mato Grosso do Sul.

No período da tarde, o ministro Marun foi recebido na Funasa – Fundação Nacional de Saúde, pelo superintendente estadual, Marco Aurélio Santullo, que tratou sobre às emendas parlamentares da base do Governo que foram destinadas para a realização de várias obras de saneamento nos municípios do Mato Grosso do Sul. Hoje, a Funasa possui atualmente em andamento, recursos em torno de 68 milhões de reais em convênios diretos, sendo executados nesses municípios do Estado.

Em continuidade à agenda, Marun recebeu o diretor-presidente do IMASUL - Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), Ricardo Eboli, acompanhado do empresário e produtor Rural Aldo Teló. Neste encontro, pleitearam o apoio do ministro para que seja viabilizado e formalizado com a máxima urgência possível, convênio visando a recuperação emergencial de todo o leito do Rio Taquari, em especial, nas áreas localizadas no Pantanal.

Marun recebeu também na superintendência da Funasa, a visita do prefeito de Paraíso das Águas, Ivan Xixi, que veio agradecer ao ministro, a liberação de 5 milhões de reais, destinados através do Programa Avançar Cidades. Esses recursos serão investidos em drenagem e pavimentação asfáltica.

Encerrando a agenda do dia, o ministro Marun recebeu o coordenador regional da Funai, Paulo Rios Junior, que veio relatar a invasão ocorrida na sede do órgão nessa semana e aproveitou para mostrar os ferimentos nos braços e nas mãos. Na ocasião, Rios pleiteou junto ao ministro, a destinação de recursos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Até 9h de amanhã
Corumbá e mais 23 cidades de MS estão sob alerta de chuvas intensas
Na entrada
Perícia estima que morte de homem encontrado em mata na cidade tenha ocorrido há 4 dias
Dados IBGE
Em 12 anos, quase 60 mil pessoas trocaram casa por apartamentos em MS
Nota Oficial
APAE de Campo Grande divulga nota de esclarecimento sobre bolsas coletoras
Pesquisa
UFMS apresenta Plano de Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira à Sudeco
Cursos
Academia de Música Manoel Florêncio abre inscrições para 127 vagas
Um menor
Operação resgata 20 trabalhadores sob condições de escravidão em fazenda de limão
Vindo do RJ
Boliviano de 21 anos é detido com 35 celulares sem nota fiscal
Convênio
Pacientes bolivianos em tratamento oncológico em Corumbá terão 75% de desconto na Andorinha
Protesto
Religiosos pedem retratação à site da capital por desrespeito à Iemanjá

Mais Lidas

Protesto
Religiosos pedem retratação à site da capital por desrespeito à Iemanjá
Na entrada
Perícia estima que morte de homem encontrado em mata na cidade tenha ocorrido há 4 dias
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Vindo do RJ
Boliviano de 21 anos é detido com 35 celulares sem nota fiscal