Menu
sexta, 01 de março de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Ministério da Saúde prorroga campanha de vacinação contra Influenza

30 maio 2018 - 10h10Portal do Governo de Mato Grosso do Sul

O Ministério da Saúde prorrogou para o dia 15 de junho a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. Conforme o Ministério, a paralisação dos caminhoneiros, que levou o País ao desabastecimento de combustível e à suspensão do transporte público, pode ter prejudicado a população no acesso às unidades de saúde.

A recomendação foi enviada aos gestores nesta terça-feira (29.5). O encerramento da campanha estava previsto para sexta-feira (1º.6).

Em nota, foi informado que 100% das doses da vacina (60 milhões) já foram distribuídas aos estados, que estes estão devidamente abastecidos. Conforme o Ministério da Saúde, se após o fim da campanha Mato Grosso do Sul ainda tiver disponibilidade de vacina, a vacinação poderá ser ampliada.

Os grupos sugeridos para receberem as doses remanescentes são as crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) comunica que seguirá todas as determinações do Ministério da Saúde, seguindo orientações e protocolos.

Mesmo com a campanha encerrada, o Ministério da Saúde reforça a importância dos estados e municípios continuarem a vacinar os grupos prioritários, em especial, crianças, gestantes, idosos e pessoas com comorbidades, público com maior risco de complicações para a doença.

Dados Nacionais

Até o momento, ainda faltam 18,8 milhões de pessoas a serem vacinadas em todo o País. Balanço publicado nesta terça-feira (29.5), pelo Ministério da Saúde, mostra que 66% das pessoas que fazem parte do público-alvo, se vacinou. A expectativa é vacinar 54,4 milhões de pessoas até o dia 15 de junho.

“É muito importante que as pessoas consideradas do grupo-prioritário procurem os postos para se protegerem contra a gripe. A vacina é a medida mais eficaz para evitar a doença e garante proteção às pessoas com mais risco de desenvolverem a forma grave da doença”, ressalta a Coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, Ana Goretti.

Até 28 de maio foram vacinadas 35,6 milhões de pessoas. Este total considera todo o público estimado, englobando pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas –, funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades. Dessas, 28,8 milhões são idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Benefício
Prefeito assina decreto que regulamenta aumento no plantão de profissionais da saúde
Imunização
Corumbá terá três postos de multivacinação neste sábado, 02 de março
Ranking
MS é destaque nacional na gestão de recursos federais e execução de projetos e convênios
Necessário
Recadastramento em programa do Governo que paga a conta de luz segue até 10 de maio
Campanha
Ladário expande vacinação contra dengue nas escolas da rede municipal
Evento
Corumbá sedia 3ª edição da Copa dos Campeões da Assomasul neste final de semana
Mudanças
Supremo derruba a regra sobre distribuição de sobras eleitorais em eleições proporcionais
Em processo
Reunião com novos diretores aborda habilitação de unidade de saúde exclusiva para presídios
Turismo ecológico
Encontro aborda aspectos da educação ambiental no turismo do Pantanal
Direito à saúde
DPU assegura que imigrantes sejam incluídos na fila de transplantes

Mais Lidas

10 vagas em MS
Inscrições estão abertas para concurso da Caixa com três vagas em Corumbá
Confirmado
Dupla sertaneja Henrique e Diego é a principal atração cultural do FIPEC 2024
Bombeiros
Acidentes de trânsito fazem quatro vítimas nesta manhã em Corumbá
27 vagas
Inscrições para concurso de professores da UFMS seguem abertas até 7 de março