Menu
domingo, 07 de março de 2021
Andorinha Fevereiro
Andorinha Fevereiro
Geral

Miglioli deixa Seinfra para disputar o Senado

06 abril 2018 - 07h43Assessoria de imprensa

Mais de 42 prefeitos vieram a Campo Grande na tarde desta quinta-feira, 5 de abril, participar da solenidade de transmissão do cargo de secretário estadual de Infraestrutura, realizada no auditório da Governadoria, com a presença do governador Reinaldo Azambuja, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi, e do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad.

Também participaram da solenidade o deputado federal Geraldo Resende  e os deputados estaduais Onevan de Matos, Rinaldo Modesto, Paulo Correa, José Carlos Barbosa, Beto Pereira e Mara Caseiro.

O engenheiro Marcelo Miglioli deixou a pasta para ser pré-candidato ao Senado e, no seu lugar, assumiu Helianey Paulo, que era secretário-adjunto. Antes da transmissão do cargo, Marcelo Miglioli fez uma prestação de contas do seu trabalho de três anos e três meses à frente da Secretaria de Infraestrutura.

Na área de habitação o destaque é para a construção e contratação de um total de 18 mil 218 unidades habitacionais, sendo 16.805 casas ou apartamentos e 1.413 lotes urbanizados, um programa inovador premiado a nível nacional.

 Marcelo assinalou que de empresa deficitária, a MSGás hoje distribui dividendos para seus acionistas , dentre eles o Governo do Estado que recebeu quase R$ 28 milhões nos últimos três anos.

“A Sanesul realiza o maior programa de saneamento básico da história de Mato Grosso do Sul, investindo R$ 1 bilhão em água e esgoto nos 68 municípios que detém a concessão dos serviços”, afirmou. A empresa está saudável, avaliou Miglioli , assinalando que 65% dos recursos investidos são próprios.

A Sanesul executa 234 obras  com destaque para 2.900 km de redes de coleta e tratamento de esgoto e 27 novas estações de tratamento (ETE).

Marcelo elogiou o governador Reinaldo Azambuja pela determinação de implantar o programa obra Inacabada Zero que já investiu maios de R$ 750 milhões na conclusão de 208 obras que estavam paralisadas.

“Esse é, sem dúvida nenhuma. O maior programa de pavimentação urbana da história de Mato Grosso do Sul”,  avaliou o ex-secretário, notando que estão sendo investidos maia de R$ 580 milhões em recape e pavimentação de ruas em 79 cidades. São mais de 4 mil quadras de restauração de vias e mais de 2.300 de asfalto novo, explicou.

Miglioli contabilizou 842 quilômetros de rodovia pavimentadas, entre estradas “reconstruídas” e asfalto implantado. Na área rodoviária outro destaque são os 5 mil quilômetros de rodovias não pavimentadas que foram cascalhados  a construção de 100 pontes de concreto armado, “todas com projeto executivo, bem feitas para durar décadas”, assinalou.

Muito emocionado, Miglioli relembrou sua história com Reinaldo e disse que vai para a nova missão, buscar a candidatura ao Senado, com a mesma determinação com que se conduziu na Secretaria de Infraestrutura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
Ônibus clandestino com 34 bolivianos é apreendido no Brás em São Paulo
Geral
Aumento da gasolina também causa impacto no preço do etanol
OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
CULTURA
Eleitos os representantes não governamentais para o Conselho de Cultura do município
SEGURANÇA PÚBLICA
Em MS, Senad defende proposta de agilizar leilões de bens do crime organizado
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
ESPORTE
Estadual de Futebol 2021 prossegue com mais quatro partidas neste fim de semana
SAÚDE
Redução de testa: Dermatologista de MS explica sobre melhores formas de tratamento
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Receita Federal abre vagas de estágio em Corumbá
GERAL
Mãe é detida após espancar bebê de 9 meses com pedaço de madeira em cidade de MS
POLICIAL
Bandidos armados usam carro oficial do Governo de MS para roubar casal na Afonso Pena
GERAL
Mulher tem bebê em casa e bombeiros prestam atendimentos