Menu
segunda, 15 de julho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Metade dos adolescentes de MS precisam vacinar-se contra o HPV

15 março 2018 - 09h25Campo Grande News

Mato Grosso do Sul, conforme o Ministério da saúde teve imunizados 51,1% das meninas e 46,7% dos meninos contra o HPV (Papiloma Vírus Humano). Tal cobertura levou o governo a convocar os adolescentes a atualizar as carteiras de vacinação também contra a meningite.

Devem ser vacinadas contra o HPV, as meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Tal vacina, que deve ser reaplicada até seis meses após a primeira dose, previne diversos tipos de cânceres como do colo do útero, vagina, pênis e ânus, além de verrugas genitais.

No caso da meningite C, o ministério ampliou a faixa etária em dois anos, possibilitando que meninos e meninas de 11 a 14 anos recebam a imunização de reforço daquelas já recebidas inicialmente aos três, cinco e doze meses de vida. A meta hoje consiste em vacinar 80% do público-alvo, ante os 32% alcançados no ano passado em todo o país.

O HPV é transmitido pelo contato direto com a pele ou mucosa infectada e não somente por relações sexuais, podendo inclusive ocorrer durante o parto. A meningite, por sua vez, tem sua propagação por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas, assintomáticas ou doentes. Seus principais sintomas envolvem febre alta que começa abruptamente, dor de cabeça intensa e contínua, vômito, náuseas, rigidez na nuca e manchas vermelhas na pele.

Campanha - Usando a linguagem de séries, campanha publicitária usa o slogan "Não perca a nova temporada de Vacinação contra a meningite C e o HPV" para incentivar a imunização entre os adolescentes. As escolas também foram mobilizadas por meio do Programa Saúde na Escola, fruto da parceria entre os ministérios da Saúde e Educação. 

"Vamos insistir para ampliar a cobertura vacinal e insistir na escola, onde podemos fazer uma potencialização da imunização e assim diminuir a prevalência do HPV, que hoje está muito alta, acima de 50% nos jovens brasileiros", disse o ministro da saúde, Ricardo Barros.

Foram enviadas as escolas materiais informativas sobre as doenças, para que os professores sejam estimulados a conversar com os alunos e seus familiares sobre o tema. O Brasil é o primeiro país da América do Sul e o sétimo do mundo a oferecer a vacina HPV também para meninos em programas nacionais de imunizações.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos
Inscrições abertas
Editais oferecem oportunidade para alavancar ideias de negócio relacionadas ao Cerrado e Pantanal
Irônico
Desembargador que hasteou bandeira da monarquia no TJ assume a justiça eleitoral de MS
Futebol
Costa Rica perde por 1x0 e classificação fica para a última rodada
Empreendedorismo
Mato Grosso do Sul registra 19 mil novas formalizações no primeiro semestre de 2024
20ª edição
Amistoso da Diversidade é domingo em Corumbá
Nacional
Atraso em sistema informático paralisa saques do Fundo PIS/Pasep
Operação Pantanal 2024
Previsão de temperatura alta e queda na umidade do ar é alerta para novos incêndios

Mais Lidas

BR 262
PRF apreende 20 kg de maconha em carro que seguia para Campo Grande
Dança & Teatro
Espetáculo "Corpo que eu habito" faz estreia nacional em Corumbá no dia 20 de julho
Ensino Superior
UFGD abre inscrições para vestibular com 1.459 vagas em 38 cursos