Menu
terça, 05 de março de 2024
Fipec 2024
Fipec 2024
Geral

jovem de 15 anos baleou rapaz na cabeça e pretendia cometer vários assaltos

12 abril 2018 - 09h33G1

Polícia prendeu dois homens, de 19 e 20 anos, suspeitos de assaltarem um grupo de jovens, no bairro, em Campo Grande. Eles contaram com o apoio de um menino de 15 anos, que estava armado e atirou cinco vezes contra Vitor Hugo Córsoba Prucheta, de 18 anos. O rapaz permanece internado, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa.

"O adolescente justificou que a vítima teria reagido e o empurrado, mas, os elementos não indicam qualquer reação. Nós estamos aguardando os laudos para concluir o inquérito e não descartamos, inclusive, uma reprodução simulada do crime. O menino comentou que a ideia deles era praticarem assaltos e aqueles ali foram os primeiros a serem abordados e, de fato, não houve mais vítimas aquele dia", afirmou ao G1 o delegado Sérgio Luiz Duarte, responsável pelas investigações.

A participação do adolescente está sendo apurada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e a Juventude (Deaij). Os outros dois envolvidos tiveram a prisão temporária, de 30 dias, decretada pela Justiça. "Nós fizemos inúmeras diligências, levantamento imagens e os autores foram identificados após denúncia anônima. Foi algo muito valioso para a nossa investigação e tivemos o resultado positivo. Agora, estamos torcendo para a recuperação da vítima", comentou Duarte.

Entenda o caso

Vitor foi atingido por um tiro na testa quando caminhava com amigos logo depois das 0h, no dia 26 de março, bairro Estrela do Sul. Ele está sedado, entubado e fazendo uso de antibióticos, ainda conforme a assessoria de imprensa do hospital.

Segundo a irmã da vítima, a empresária Adriana Córdoba, a família está sofrendo com a situação. "A gente fica se sentindo incapaz. Ele saiu para trabalhar e não voltou mais". Vitor é funcionário de um supermercado e naquele dia havia encerrado expediente às 14h (de MS).

"Era a primeira vez que ele andava na rua àquela hora. Tinha ido comemorar o aniversário de um amigo", fala Adriana, explicando que o aniversariante era um dos três amigos que estavam com Victor no momento dos tiros e que o grupo seguia para casa dele.

Polícia prendeu dois homens, de 19 e 20 anos, suspeitos de assaltarem um grupo de jovens, no bairro, em Campo Grande. Eles contaram com o apoio de um menino de 15 anos, que estava armado e atirou cinco vezes contra Vitor Hugo Córsoba Prucheta, de 18 anos. O rapaz permanece internado, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa.

"O adolescente justificou que a vítima teria reagido e o empurrado, mas, os elementos não indicam qualquer reação. Nós estamos aguardando os laudos para concluir o inquérito e não descartamos, inclusive, uma reprodução simulada do crime. O menino comentou que a ideia deles era praticarem assaltos e aqueles ali foram os primeiros a serem abordados e, de fato, não houve mais vítimas aquele dia", afirmou ao G1 o delegado Sérgio Luiz Duarte, responsável pelas investigações.

A participação do adolescente está sendo apurada pela Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e a Juventude (Deaij). Os outros dois envolvidos tiveram a prisão temporária, de 30 dias, decretada pela Justiça. "Nós fizemos inúmeras diligências, levantamento imagens e os autores foram identificados após denúncia anônima. Foi algo muito valioso para a nossa investigação e tivemos o resultado positivo. Agora, estamos torcendo para a recuperação da vítima", comentou Duarte.

Entenda o caso

Vitor foi atingido por um tiro na testa quando caminhava com amigos logo depois das 0h, no dia 26 de março, bairro Estrela do Sul. Ele está sedado, entubado e fazendo uso de antibióticos, ainda conforme a assessoria de imprensa do hospital.

Segundo a irmã da vítima, a empresária Adriana Córdoba, a família está sofrendo com a situação. "A gente fica se sentindo incapaz. Ele saiu para trabalhar e não voltou mais". Vitor é funcionário de um supermercado e naquele dia havia encerrado expediente às 14h (de MS).

"Era a primeira vez que ele andava na rua àquela hora. Tinha ido comemorar o aniversário de um amigo", fala Adriana, explicando que o aniversariante era um dos três amigos que estavam com Victor no momento dos tiros e que o grupo seguia para casa dele.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Saúde Pública
Vereadora busca informações sobre exames do pré-natal na Saúde Pública
Destaque
Pesquisa mostra que diferença salarial entre mulheres e homens caiu
Aposta
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 205 milhões
Escalonamento
Governo de MS propõe indicadores de produção para aumentar salário de agentes de saúde
Boas Vindas
Moinho Cultural retoma atividades com 120 novos alunos
Bacia Paraguai
PMA aplica mais de R$ 53 mil em multas no primeiro final de semana de pesca aberta
Apresentação
Jiboia resgatada de circo é a embaixadora ambiental do Bioparque Pantanal
Tráfico de Drogas
Escaneamento identifica pasta base dentro de compressor
Tempo
Com temperaturas mais amenas, terça-feira tem tempo instável e probabilidade de chuvas
Corumbá tem mínima de 26°C e máxima de 31°C
Oportunidades
Qualifica Ladário divulga lista com os inscritos para as turmas 2024

Mais Lidas

Em Corumbá
Homem é preso acusado de abusar da sobrinha de 12 anos
Na BR 262
Boliviano é preso com 2kg de maconha em fundo falso de mala
Até dia 11
Processo Seletivo da UEMS tem 51 cursos de graduação com inscrições abertas
Ecoturismo
Baixa temporada em pleno verão em Bonito e Serra da Bodoquena tem tarifário reduzido