Menu
quinta, 13 de junho de 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Andorinha - 76 anos - Junho 2024
Geral

Marquinhos falta em depoimento na delegacia e critica "pressa" da Polícia

22 setembro 2022 - 10h20Eduardo Miranda do Correio do Estado

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul e ex-prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) criticou a pressa da Polícia Civil em ouvi-lo nesta reta final do processo eleitoral, para que ele preste o depoimento antes do dia 2 de outubro.  

Ontem, a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) havia marcado o depoimento de Marquinhos Trad para o período da tarde, por meio de uma intimação entre as advogadas dele, mas Marquinhos não compareceu. 

O ex-prefeito esteve no Correio do Estado no fim da tarde, para participar da rodada de entrevistas com os candidatos ao governo do Estado, e comentou o inquérito que é conduzido contra ele, quando perguntado se já havia sido intimado pessoalmente e se compareceria à Deam nos próximos dias, ele afirmou:  

“Eu vou te dizer uma coisa: a pressa é inimiga da perfeição. Por que essa pressa? Mais uma vez mostra que é algo político. Não há por que de haver uma pressa de um inquérito que está sendo esfacelado, disse Marquinhos Trad. 

O ex-prefeito não compareceu à Deam, porque, segundo ele, não foi intimado pessoalmente. Advogado criminalista, o ex-prefeito da Capital foi categórico:  

“O ato de intimação é pessoal. Quem é para ir prestar esclarecimentos? Eu ou minhas advogadas?”, questionou o candidato a governador sobre o fato de suas advogadas, e não ele, terem recebido a intimação para o depoimento que havia sido marcado para ontem. 

Nesta semana, o Correio do Estado publicou, em primeira mão, que o depoimento de Marquinhos Trad havia sido marcado para essa quarta-feira. Para o candidato ao governo, tratou-se de um vazamento. “Eu fiquei sabendo pelo seu jornal”, disse o ex-prefeito ao referir-se ao Correio do Estado.   

Reta final 

Sobre o esfacelamento do inquérito, Marquinhos Trad refere-se às denúncias feitas por supostas vítimas, de casos que estavam prescritos (com punibilidade extinta) ou com o prazo de pedir a punição dos supostos crimes ter chegado ao fim (decadência legal). 

Restam cerca de cinco garotas em investigação pela Deam, embora Marquinhos Trad afirme restarem três. 

O ex-prefeito é acusado por elas e investigado pela Polícia Civil pelos crimes de assédio sexual, tentativa de estupro e favorecimento à prostituição. 

Marquinhos e a defesa falam em armação política. A Polícia Civil, porém, extraiu conversas que garotas tiveram com Marquinhos, por meio de telefone celular, em que elas falariam de relações sexuais e promessas de trabalho na prefeitura.   

O inquérito foi aberto em 5 de julho e já teve duas prorrogações. O Correio do Estado apurou com a Polícia Civil, porém, que toda a investigação está praticamente completa, só faltando o depoimento do ex-prefeito e principal investigado, o último ato para necessário para que o inquérito seja relatado. 

Depois que a delegada Maíra Pacheco Machado concluir o inquérito, há dois caminhos a serem tomados: o indiciamento do ex-prefeito ou a solicitação de arquivamento ao Ministério Público de Mato Grosso do Sul. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Evento
Sábado tem Festival de Pipa em Ladário
Em até 9X
Ladário: prazo para incluir taxa do lixo na fatura de água encerra dia 14
Economia
Reunião aprovou prioridades e novas áreas de financiamento do FCO para 2025
Cidadania LGBTQIA+
Certidão de nascimento garante cidadania, direitos e renascimento de novas histórias
Viva a São João
Estão abertas as inscrições para concursos de Andores, Miniandores e Quadrilhas Juninas
Praça da Independência
Cerimônia cívico-militar comemora os 157 da Retomada de Corumbá
Edital
Sindicato convoca trabalhadores da J&F Mineração para Assembleia Geral
Economia
Em novo recorde para o mês, Junta Comercial registrou abertura de 960 empresas em maio
Cidade
Bancos não abrem neste feriado da Retomada de Corumbá
24 horas
Colisão entre carro e bicicleta faz duas vítimas na manhã desta quinta

Mais Lidas

Infraestrutura
Moradores falam de melhor qualidade de vida após lajotamento de vias no Cravo Vermelho
Turismo
Consultoria vai facilitar certificação internacional para destinos e negócios de turismo em MS
Meio Ambiente
Câmara pede apoio técnico e logístico ao Governo Federal para combater queimadas no Pantanal
Meio Ambiente
Estudo alerta para escassez hídrica e aumento de mais de 1000% em incêndios no Pantanal