Menu
sexta, 23 de fevereiro de 2024
Geral

Marinha de Ladário homologa sua primeira licitação 100% sustentável

23 agosto 2018 - 08h36Sebrae

A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Intendência da Marinha em Ladário (Organização subordinada ao Comando do 6º Distrito Naval), homologou neste mês de agosto sua primeira licitação 100% sustentável, em que realizou a compra de papel A4, detergente e divisórias de madeira. 

Entre as exigências junto aos fornecedores concorrentes - para comprovar o manejo sustentável e a responsabilidade socioambiental presente na cadeia produtiva - estavam certificações de processos e qualidade (ISO 9562; ABNT NBR ISSO 14021:2017); Rótulo Ecológico (ABNT: PE-151.01), além de comprovações previstas em Instrução normativa do Ibama (6/2013); Portarias do Inmetro (512/2012 e 547/2012); na Convenção da Organização Internacional do Trabalho (nº 155); e na legislação vigente (Decreto Legislativo nº 02/1992; Decreto nº 1.254/1994; Decreto Federal nº 7.404/2010; Lei Federal nº 12.305/2010; Lei Complementar 140/2011). 

Segundo a Tenente Luciney Miceno Papa, responsável pela licitação à época, a equipe de compras do órgão do interior de MS nunca havia estabelecido critérios em seus processos licitatórios voltados para a questão ambiental. O foco era no menor preço e na entrega com o menor prazo possível. Acreditava-se que ao se exigir critérios de sustentabilidade não fossem aparecer empresas interessadas. 

“Fomos surpreendidos, pois diversos empresários já estão preparados para essa demanda. Compensa muito, já que o valor não destoa tanto do praticado no mercado. A ideia agora é colocarmos mais a rotulagem ambiental nos processos licitatórios, alcançando tanto sustentabilidade quanto competitividade nos preços”, destaca.

Das três empresas vencedoras do certame, duas são de Mato Grosso do Sul e uma do interior de São Paulo. Segundo Julio Cesar Ferreira de Souza, proprietário da Comercial S.B.S, a empresa já prestava serviço utilizando uma marca de divisórias que se enquadra em todos os aspectos exigidos.

Então, bastou entrar em contato com a indústria e solicitar os documentos para comprovar o cumprimento dos requisitos legais. “Trabalhar com materiais sustentáveis nos torna responsáveis do ponto de vista socioambiental e aumenta bastante nossa competitividade no mercado”, afirma. 

Estímulo ao desenvolvimento local

A iniciativa foi despertada no final do ano de 2017, quando o Sebrae/MS (parceiro da Marinha desde 2016 na capacitação de pequenos negócios para se tornarem potenciais fornecedores) convidou representantes do setor de compras do Centro de Intendência da Marinha em Ladário a participarem em sua sede na capital do estado de um treinamento com especialistas do UNOPS (Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos).

De acordo com o órgão, braço operacional da ONU (Organização das Nações Unidas) no Brasil, compras eficientes e sustentáveis estimulam a vocação do território, geram emprego e renda no local, além de, do ponto de vista logístico, proporcionar a redução de distâncias percorridas e, consequentemente, das emissões de CO2 na atmosfera. 

Como fator social, promovem grande envolvimento comunitário por meio dos pequenos negócios fornecedores de produtos e serviços; e, deste modo, investimento em capacitação humana e melhoria da qualidade de vida.

“Não é apenas uma questão de ter um selo no processo licitatório ou uma cláusula dentro do edital de licitação. É o legado que estamos deixando para as futuras gerações, especialmente por estarmos localizados no coração da maior planície alagada do mundo, o Pantanal, com uma riqueza imensa de fauna e flora”, explica o Diretor do Centro de Intendência da Marinha em Ladário (CeIMLa), Capitão de Fragata Paulo Lameira Ferreira da Silva. “A Marinha sempre contribuiu para o desenvolvimento do país, e a rotulagem ambiental demonstra nossa preocupação com o cuidado do planeta, buscando compras sustentáveis e com preços competitivos”, conclui. 

Serviço

Quem se interessar em saber mais informações sobre os editais abertos e outras informações do Centro de Intendência da Marinha em Ladário, deve acessar o site www.marinha.mil.br/ceimla. Já os proprietários de micro e pequenas empresas que desejam se preparar para este mercado, podem procurar o Sebrae/MS – www.ms.sebrae.com.br ou 0800 570 0800. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imunização
Vacinação contra dengue começa neste sábado (24) em Corumbá
Recuperação
Mineração retoma crescimento em MS com R$ 275,9 milhões de taxas de compensação em quatro anos
Variedades
Veja quais são as 5 seleções mais vitoriosas do futebol europeu
Oportunidade
Concurso da Caixa tem 3 vagas para Corumbá com salário de R$ 3,7 mil
Negociação
TJMS lança campanha de combate ao superendividamento nesta sexta-feira (23)
Destaque
Formação do Conselho de Pesca de MS é publicada no Diário Oficial
20 mil litros
Dois homens são presos por contrabando de combustível em Corumbá
Partidas Dobradas
Operação conjunta apura entrada ilegal de produtos estrangeiros pela fronteira de MS
Pagamento Especial
Bolsa Família antecipa pagamento para municípios do RS e ES
Leão
Receita abre consulta a lote residual do Imposto de Renda

Mais Lidas

Plantão
Pessoa é encontrada morta em casa do Popular Velha
Você viu?
Bailarinos de Corumbá se apresentaram no palco do Caldeirão com Mion
Incentivo
Academia de Jiu Jitsu mobiliza doações para participação de 25 atletas em campeonato
Legislativo
Vereadora cobra informações sobre coleta e cobrança do lixo hospitalar na cidade