Menu
sábado, 20 de abril de 2024
Andorinha - Novos ônibus - agosto 2023
Andorinha - Novos Ônibus - Agosto 2023
Geral

Mais de 54 mil ficaram sem energia nos últimos 11 meses por causa das queimadas

08 agosto 2020 - 08h50Redação

A meteorologia indica tempo seco para os próximos dias no Estado, é o que informa a previsão divulgada pelo Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, que diz que até o dia 16 de agosto, não há expectativa de chuva. E é justamente nesse período de seca, que vai de abril à setembro, que aumentam o registro de queimadas urbanas e rurais que levam a prejuízos às comunidades. Além de colocar vidas em risco, o fogo pode afetar diretamente o fornecimento de energia elétrica.

De 25 de julho até o momento, a concessionária de energia elétrica já substituiu 28 postes de madeira que foram atingidos pelas chamas no Pantanal. “Pois mesmo sem atingir a rede, as queimadas podem colocar em risco a distribuição de energia, já que não é necessário que as chamas encostem nos cabos para provocar curtos-circuitos nas linhas de energia, pois o calor das queimadas pode provocar ocorrências como o rompimento de cabos e danos aos equipamentos, prejudicando o fornecimento”, explica o gerente de Operações da Energisa MS, Fernando Corradi.

De acordo com a concessionária de energia elétrica nos últimos 11 meses, as ocorrências provocadaspor queimadasinterromperamo fornecimento de energia para mais de 54.977 clientes, dos municípios de Dois Irmãos do Buriti, Aquidauana, Porto Murtinho, Miranda, Bodoquena, Bonito, São Gabriel do Oeste, Tacuru, Rio Brilhante e Guia Lopes da Laguna.

“De janeiro a julho deste ano, as ocorrências provocadaspor queimadasinterromperamo fornecimento de energia para mais de 4.691 clientes, sendo uma na Capital e 14 interferências na rede distribuídas pelo interior do estado, sendo as cidades atingidas: Anastácio, Ribas do Rio Pardo, Itaporã, Angélica, Nioaque, Maracaju, Itaquirai, Japorã, Sidrolândia, Cassilândia, Jaraguari, Sonora e Corumbá", aponta Fernando.
 
Além de causar danos ao meio ambiente e colocar a natureza, plantas e animais em perigo, as queimadas provocam ainda problemas à saúde, principalmente em períodos mais secos como este, pois quem sofre com doenças respiratórias, tem sua saúde ainda mais abalada.

"Seja no campo ou na cidade, as pessoas devem redobrar a atenção. Orientamos o produtor rural a se informar com os órgãos responsáveis, como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur) ou Sindicato Rural de sua cidade, onde poderá obter orientações sobre técnicas que substituam a necessidade de uma queimada", instruiFernando.
 
Todos os anos as queimadas provocam grandes prejuízos, tais como empobrecimento do solo, poluição, danos às redes de eletricidade, além de acidentes rodoviários. Diante disso, ao identificar um foco de incêndio, informe o departamento de meio ambiente de seu município e o Corpo de Bombeiros. Se for próximo às redes elétricas, notifique também aEnergisa pelo telefone 0800722 7272(ligação gratuita), pelo aplicativoEnergisaOnou pelas redes sociais (Facebook.com/energisa).

Deixe seu Comentário

Leia Também

2ª edição
Conferência Municipal discute propostas para consolidação do Sistema Único de Saúde
Operação Esculápio
Prefeitura diz que não foi informada sobre ação da PF
Corumbá
Seis animais foram resgatados e um homem foi conduzido por maus-tratos na Operação Abril Laranja
Incentivo
Ônibus será gratuito no dia de Concurso Público
Entrevista
Sonia Guajajara defende maior participação indígena nas políticas públicas
"Leão, amigo das crianças"
Moinho Cultural lança campanha para doação via Imposto de Renda
Artigo
Mulheres indígenas e suas lutas para mudar a história
Mudanças
Rodovias federais terão pontos de descanso para motoristas
Economia
Rendimento domiciliar do brasileiro chegou a R$ 1.848 em 2023
Turismo
Bonito Convention realiza sua primeira assembleia presencial após pandemia

Mais Lidas

4ª convocação
Atleta corumbaense disputa Pan-Americano de Basquete Máster no México
Em ônibus
Cão farejador identifica mala abandonada com 25,5 Kg de pasta base de cocaína
Plantão
Moradores do Centro América acionam os Bombeiros para conter Pitbull agressivo
Destaque
Plano de Combate a incêndios prevê instalação de 13 bases avançadas no Pantanal